outrofobia. s.f. rejeição, medo ou aversão ao outro. termo genérico utilizado para abarcar diversos tipos de preconceito ao outro, como machismo, racismo, homofobia, elitismo, transfobia, classismo, gordofobia, capacitismo, intolerância religiosa, etc.

* * *

de repente, o alex percebeu que passou os últimos anos escrevendo sobre um conceito inexistente.

seus textos tinham frases como:

“o fato de os homens serem a maior parte das vítimas da violência não quer dizer que a violência não é machista. quer dizer que, além de machista, ela é classista, racista, homofóbica, transfóbica.”

ou

“pouco importa o que a gente é (sermos machistas, racistas, homofóbicas, elitistas, transfóbicas, gordofóbicas, capacitistas, etc): o importante é o que a gente faz (termos atitudes machistas, racistas, homofóbicas, elitistas, transfóbicas, gordofóbicas, capacitistas, etc).”

e ele pensou: tem que haver um jeito melhor de falar isso!

procurou, procurou, não encontrou.

então, inventou.

outrofobia.

* * *

os textos desse blog não são nem acadêmicos nem jornalísticos. não trazem fatos novos, formulações originais, pesquisa primária, questões aprofundadas.

são textos didáticos.

foram escritos não para serem lidos pelas pessoas militantes de causas subalternas (para quem não vão conter nenhuma novidade) mas para serem lidos por pessoas privilegiadas que nunca pensaram no assunto.

são textos de luta. feitos para incomodar, despertar, cutucar.

claudia regina & alex castro
salvador, agosto de 2014