Guerra psicológica em curso: mesmo com Temer, oposição hoje não tem votos para dar o golpe

Não está escrito nas estrelas, nem na tela da Globo, que o golpe paulista vai vingar. Com ou sem PMDB, golpe pode ser barrado: nas redes, nas ruas, no STF e na ação miúda do governo. por Rodrigo Vianna...

Não está escrito nas estrelas, nem na tela da Globo, que o golpe paulista vai vingar. Com ou sem PMDB, golpe pode ser barrado: nas redes, nas ruas, no STF e na ação miúda do governo.

por Rodrigo Vianna

Foto: Gustavo Lima/ Câmara dos Deputados

Hoje (terça-feira, 29 de março) é dia de guerra psicológica. E essa guerra vai-se estender por semanas. Por isso, muita calma nessa hora.

Entidades empresariais (as mesmas que apoiaram o golpe de 64) pagam anúncios gigantes em jornais defendendo o golpe jurídico/parlamentar contra Dilma. E o PMDB (com transmissão pela TV) anuncia rompimento formal com governo…

O objetivo de Temer/Cunha/Globo/Serra é criar uma onda, um clima de que “acabou o jogo”.

Isso é falso!

Globo, Gilmar e Cunha querem botar a faixa no Temer; mas batalha não acabou e haverá muita resistência
Globo, Gilmar e Cunha querem botar a faixa no Temer; mas batalha não acabou e haverá muita resistência

A oposição golpista, mesmo com adesão oficial do PMDB e do traidor Michel Temer, não tem 342 votos para dar o golpe. Ainda não tem. Poderá ter mais à frente? Quem sabe…

Mil conversas estão rolando: pedaços do PR, PSD e PP podem ocupar no governo os espaços abertos por Temer traíra e seus golpistas.

E atenção ao PRB: PT articula nos bastidores o apoio oficial a Crivella na disputa pela Prefeitura do Rio, além de mais espaço no ministério – o que em tese poderia garantir 24 votos do partido contra o impeachment. As conversas avançam rapidamente, e podemos ter surpresas nas próximas horas.

Claro que esse jogo é volátil. Muda a cada minuto. Faz parte do jogo desanimar o campo adversário com uma onda de “agora já era”.

Com pedaços do PR/PP/PSD, o governo poderia sim reunir tranquilamente 30 votos na Câmara (principalmente nas bancadas do Norte/Nordeste). Contaria, ainda,  com ao menos 10 dissidentes do PMDB (nem todos os ministros entregarão cargos, alguns têm capacidade de reunir pequenas “bancadas” avulsas). E mais a articulação com o PRB.

Reparem: isso poderia garantir em torno de 65 votos. Seriam suficientes para (somados aos 110 votos da bancada de esquerda, firmemente contra o golpe na Câmara) barrar o impeachment.

Reparem também que, desses 65 votos de centro-direita que o governo precisa garantir nos próximos dias, nem todos precisam ir a plenário e votar “não” ao impeachment. Basta que se abstenham. 

Fora isso, há reação nas ruas: a OAB golpista foi escorraçada na Câmara, um acampamento contra o golpe foi montado em São Paulo, e o dia 31 vem aí com marchas em Brasília e acampamentos contra o golpe Brasil afora.

E lembro a ação do jornalista Juca Kfouri, que sozinho pôs pra correr arruaceiros fascistas que o incomodavam de madrugada, em frente de casa – o que indica o caminho da indignação cívica e democrática contra o golpe, para além de qualquer defesa do PT (clique aqui para saber mais sobre a reação de Juca).

Isso tudo quer dizer que Dilma, necessariamente, fica?
Não. Quer dizer que o jogo está sendo jogado. E que a direita partidária, empresarial e midiática pretende desanimar a turma do lado de cá. Pelo que tenho visto nas ruas e nas redes, essa tentativa vai falhar.

Há cerca de 20% do país decidido a ir pra guerra contra o golpe. Se a esse pessoal o governo conseguir agregar setores centristas, mostrando que o golpe é paulista e joga contra os interesses do Norte/Nordeste, o impeachment será barrado. No voto.

Sem contar que há novidades para surgir no STF nos próximos dias. O tribunal pode ser instado a paralisar o processo de impeachment – já que o presidente da Câmara e ao menos 30 dos integrantes da comissão especial estão sob grave suspeita.

Mais que isso. Devemos ter claro que a defesa da democracia terá que se estender por muitos meses. Aconteça o que acontecer!

Se Dilma derrotar o impeachment, o país seguirá conflagrado. Mas ao menos teremos claro quem é quem. Teremos um governo sitiado, com uma base parlamentar pequena mas sólida. Temer terá ganho a pecha de traidor, de porteiro de filme de terror. E a esquerda poderá se recompor em outras bases. Na rua.

E se, ao contrário, Temer/Serra/Cunha/FIESP/Gilmar/Globo ganharem e derem o golpe, terão um governo que só se sustentará debaixo de porrada. Porque as ruas vão virar um inferno!

Portanto, não é hora de desespero, nem de euforia. O outro lado é muito forte. Mas não terá um passeio no parque pela frente.

Não está escrito nas estrelas, nem na tela da Globo, que o golpe paulista vai vingar. Com ou sem PMDB, pode ser barrado: nas redes, nas ruas e na ação miúda do governo.

Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora e receba em seu endereço!


Join the Conversation

8 comments

  1. Cacá Oliveira Reply

    Nó, o PMDB saiu da base? Já vai tarde! Concordo que estamos passando por um momento bem difícil, mas basta ver quem está a favor e quem está contra o golpe, para sabermos quem é quem… Espero que as pessoas, com um mínimo de discernimento, parem para pensar e entendam o que está em jogo!

  2. Vanuzia Rodrigues Reply

    Muita tensão, expectativa e luta para que esse clima seja transformado e haja a reversão da tentativa de golpe. Sim, Temer com certeza está ancorado na classe empresarial, que obviamente apresentou sua posição numa consulta. Esse golpe vem sendo urdido desde a eleição de Dilma e a TV foi usada para difundir a ideia de impeachment, a globo (em maior escala), a cultura, que colocou Jarbas Vasconcelos no Roda Viva para falar dos planos do PMDB, no caso de haver golpe (no ano passado), travestido de homem de ilibada moral. Se colocando mesmo como um santo homem, capaz de integrar o pais, como se o PMDB não compusesse o governo, lavando as mãos. O cinismo é a marca dos golpistas.

  3. Nelson Brito Reply

    Excelente artigo, na exata. Parabens!

  4. Roberto Locatelli Reply

    Excelente artigo!! Vamos ficar espertos para não cair no falso clima que a carcomídia tenta criar. A mobilização popular organizada é fundamental para mudar a correlação de forças!!

  5. Messias Franca de Macedo Reply

    FALANDO A SÉRIO!
    Podem desligar os aparelhos!
    Ou o Brasil enlouqueceu no cinismo, no fascismo e na inépcia!
    Dileto(a) leitor(a), por favor, coloque o cinto de segurança, use uma máscara blindada contra absurdos, e chore copiosamente, se puder!…
    Simplesmente inacreditável!
    Absoluta esculhambação criminosa!
    Ainda bem que eu vomitei!
    Quase as tripas iam juntas!…
    $$$$$$$$$$$$$$$
    Um dos membros da força-tarefa do MPF na Operação Lava Jato, o procurador da República Paulo Roberto Galvão de Carvalho, também proferiu palestra [em simpósio cujo tema é ‘Combate à Corrupção’, e que conta com a participação do juiz Sérgio Moro] . Ele [o procurador Paulo Roberto Galvão de Carvalho] apresentou defesa a acusações de que a operação só investiga “um lado” e de que prende investigados para forçá-los a fazer uma delação premiada.
    “O esquema não é [de] órgãos da administração pública federal beneficiando partidos da oposição, nem poderia ser. Não faria sentido que os órgãos da administração pública federal fossem colocados à disposição da oposição para que ela arrecadasse dinheiro para suas campanhas. Não há lógica em que a gente ache o dinheiro da Petrobras sendo destinado a um partido da oposição”, disse.
    Segundo ele, no entanto, a oposição pode ter sido beneficiada em situações específicas, quando detinha alguma importância para o esquema de corrupção. De acordo com o procurador, porém, esses casos ainda estão “sob investigação”.
    “A oposição pode ser beneficiada quando tem algum poder relevante sobre aquele esquema. Isso coincide com fatos que ainda estão sob investigação, no sentido de que quando a oposição teve algum poder sobre a Petrobras ela também foi beneficiada, e isso ocorreu nas comissões parlamentares de inquérito (CPI) que investigavam a Petrobras. Nesse momento, faz sentido que tenha havido destinação de dinheiro para outros partidos que não os partidos da base”, acrescentou.
    Segundo o procurador, o prazo de prescrição dos crimes inviabiliza que as investigações sejam voltadas para o período anterior ao do PT no poder. “Os fatos ocorridos em governos anteriores ocorreram, portanto, há mais de 13 anos. Para que a gente pudesse condenar alguém com fato ocorrido com mais de 13 anos, essa pessoa tem que ter uma pena final, por um crime, acima de oito anos de prisão. Na própria Operação Lava Jato, salvo engano, a gente não tem nenhuma condenação de nenhuma pessoa a oito anos por um crime”, ressaltou.
    (…)
    em
    Moro pede mobilização da sociedade civil para combater corrupção
    Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil
    29/03/2016 21h26 São Paulo
    FONTE:
    http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2016-03/moro-pede-mobilizacao-da-sociedade-civil-para-combater-corrupcao

  6. Messias Franca de Macedo Reply

    DENÚNCIA GRAVÍSSIMA

    ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃO BRASIL DO BEM

    O GÂNGSTER mafiosíssimo ‘eduardo CU(nha) dos golpistas’ – “solto, todo solto” – continua operando achaques abjetos e mais achaques abjetos contra a nação brasileira em frangalhos sob o beneplácito da IMUNDA Justiça da IMUNDA Casa Grande nativa nativa e sob ‘a batuta invisível’ do sórdido “Império estadunidense do Caos ‘Submundista'”!…
    Eu tive acesso a uma mensagem enviada através de um grupo de WhatsApp de ‘coxinhas’ alucinados…

    NOTA:
    o texto abaixo reproduz literalmente o teor da mensagem

    “Tá rolando votação informal pelo Congresso sobre o impeachment, e o contra está perdendo. Temos que ligar muito, mas só pode ser de fixo, segue o número: 0800619619. A gente é atendido pessoalmente pra manifestação contra ou a favor do impeachment. Podemos deixar mensagem pessoal. Manda pra sua rede. Acabei de votar. Demora uns cinco minutinhos para a a conclusão.”

    IMPORTANTE:
    o número do telefone informado é, sim, da ‘Câmara dos 300-400 [ou mais!] dePUTAdos picaretas federais’ sob a presidência do “ilibado” eduardo ‘CU(nha)’ do “Aécio 1/3 El Chato Principado de Liechtenstein Furnas Forever”, também do TRAIDOR-mor ‘Mimimichel TEMERoso’ das [mega]pilantragens hediondas do PMDBosta et caterva da IMUNDA Casa Grande nativa festivamente impune!

  7. Messias Franca de Macedo Reply

    [Ainda sobre a hedionda guerra psicológica perpetrada pelos terroristas infames, nazifascigolpistas desalmados &$ caranguejos [mega]corruptos da [eterna] oPÓsição ao Brasil e ao honesto povo trabalhador brasileiro]

    BRASIL DO BEM

    A TV BAND(IDA)NEWS COMETE CRIMES HEDIONDOS TÃO QUANTO A GLOBO

    Ontem ao final da noite, eu resolvi vedar as minhas narinas e usar a minha máscara blindada contra ‘infecção eletromagnética’ (sic).
    Sintonizei na TV BAND(IDA)NEWS!
    Um massacre:
    a reportagem repetida ao longo de toda a programação.
    A narrativa não poderia ser mais perversa, canalha e estupidamente covarde.
    A Operação Carbono 14 e “a exumação do caso Celso Daniel”!
    Com requintes de banditismo vulgar, a ‘reporcagem’ da TV BAND(IDA)NEWS!
    Em dado momento é apresentada uma imagem do ex-prefeito Celso Daniel discursando, e a fala:
    “Nós temos que ser um Partido Político que sempre deve prezar de forma absoluta pela seriedade no trato com a coisa pública.”
    Antes e depois, várias vezes é mostrada a imagem do Celso Daniel no local da morte.
    O Celso Daniel apresentado como um dos formuladores pelo projeto que levou Lula à presidência da República em 2003.
    Ao fim da matéria, um [suposto] mísero espaço para o ‘outro lado’, a defesa:
    a leitura de um trecho de uma nota divulgada pelo Instituto Lula:
    ‘O presidente Lula antes, durante e depois do exercício do mandato de presidente da República nunca se envolveu com atos ilícitos.’
    Ou seja, mirando os(as) telespectadores(as) incautos(as) e furibundos, a tentativa da ‘reporcagem’ criminosa de passar a ideia de que o presidente Lula é o suspeito pelo planejamento da morte do prefeito Celso Daniel – uma queima de arquivo para que o Partido dos Trabalhadores superasse o óbice do discurso do ex-prefeito de Santo André de que “teremos que ser sempre sérios na gestão pública”.
    [E ainda durante toda a sequência do noticiário geral, as legendas que se alternam e se repetem na parte inferior da ‘telinha’ onde predominam manchetes que reverberam a mais recente criação do “juiz” sérgio ‘mor(T)o’: “a conexão da *969a (sic) fase da midiático-fascigolpista Operação ‘Lava [DEMoTucano a] Jato’ e o caso Celso Daniel”.
    *a fase intitulada ‘Carbono 14’

    BRASIL DO BEM,
    é verdade: o **PIMG atua enquanto máfia hedionda organizada – e cuidadosamente concatenada!
    O **PIMG reles concessão pública do Estado brasileiro.
    **PIMG (Partido da Imprensa Mafiosa &$ Golpista)

  8. Rekern Reply

    Se eu acreditasse em teorias de conspirações poderia chegar a seguinte conclusão:

    Há mais de 50 anos os EUA já tinham conhecimento do Pré-Sal, e ao verem que se o Lula elegesse seu sucessor, não poderiam botar a mão em todo aquele petróleo, financiaram o deputado Roberto Jefferson para fazer uma denúncia contra o PT, logo encampada pela empresa do norte-americano Vitor Civita, Rede Globo e Folha de S. Paulo. Trataram também de dar um apartamento de mais de 1 milhão de reais ao juiz Joaquim Barbosa para condenar a cúpula petista e gorar um terceiro mandato petista.

    O golpe da CIA não surtiu efeito, Dilma é eleita e os americanos voltam a moita.Em 2014, Obama manda seus agentes recrutarem um pessoal que se apresenta como movimento social de esquerda contra o capitalismo e deflagram protestos contra aumento de passagens de ônibus e metrô. E eram honestos, não era por 20 centavos, eram mesmo pelos bilhões do Pré-Sal. A mídia e a direita brasileira, afastadas a mais de 12 anos do poder no Brasil apoiam, os manifestantes. Durante a Copa do Mundo de 2014, a CIA começa a atacar a Fifa, a mídia e a direita nacional atacam a Copa, a Cia compra alguns jogadores da seleção para fazerem corpo mole e a Alemanha ganha de 7×1. E você, envergonhado achava tudo norma. Eles compraram também diversos políticos de direita com um helicóptero cheio de cocaína.

    Novamente o golpe da CIA não surtiu efeito e a Dilma foi reeleita. A turma do norte resolve então usar seus amigos na mídia para incitarem a classe média contra os programas sociais da Presidenta. Começa a festa dos coxinhas, vestidos com a camiseta da mesma Seleção que misteriosamente travou e tomou 7×1. Então, no desespero, prometeram ao Eduardo Cunha levar ele livre para os EUA se ele topasse o tal empeachment. Mas como a toda ação corresponde uma reação, as ruas começaram a se encher de vermelho.

    Mas é claro, nem viu nem você, acreditamos em teorias de conspirações, mas, porém, todavia, contudo…

    …claro, os EUA sabiam do Pré-sal pois seus satélites prospectam petróleo em todo planeta.
    …por que será que o deputado Roberto Jefferson denunciou o PT se fazia parte da base aliada?
    …sim, o juiz Joaquim Barbosa tem um apartamento em Miami de mais de 1 milhão de reais e foi liberado de pagar impostos sobre a transação feita através de uma firma em paraíso fiscal. Mas parece que os juízes ganham muito bem no Brasil.
    …que fim levaram os lideres dos protestos contra os aumentos de passagens?
    …a FIFA começou a ser investigada exatamente quando a Copa era no Brasil.
    …nem em 1 milhão de jogos a Seleção toma 7 da Alemanha.
    …parece mesmo que um helicóptero cheio de cocaína pousou em Minas Gerais.
    …nem vou falar na Lava Jato, pois é absolutamente normal que um juiz brasileiro seja abastecido com provas de agências americanas.