“Marx é baile de favela”: confira vídeo que causou suspensão de professora

Ao propor um trabalho descontraído sobre o pensador Karl Marx com alunos adolescentes, Gabriela Viola se tornou alvo de ataques de blogs e sites da direita e acabou sendo afastada da escola

Por Redação

Estudantes do 1º ano do ensino médio do Colégio Estadual Professora Maria Gai Grendel, em Curitiba, fizeram um trabalho diferente na disciplina de Sociologia, comandada pela professora Gabriela Viola. Os adolescentes criaram uma paródia com o funk “Baile de Favela” para explicar o que aprenderam sobre o pensador Karl Marx.

“Os burgueses não moram na favela/ Estão nas empresas explorando a galera/ E os proletários, o salário é uma miséria/ Essa é a mais-valia, vamos acabar com ela”, diz a música. A notícia foi amplamente criticada por blogueiros de direita, como Rodrigo Constantino, e acabou ocasionando o afastamento da professora.

O caso fomentou o debate sobre a proposta “Escola Sem Partido”, que inspira atualmente projetos de lei na Câmara dos Deputados que visam à punição de educadores que supostamente estariam fazendo apologia a determinadas correntes políticas e ideológicas.

Contrariados, os alunos organizaram um protesto no colégio pela volta da professora e iniciaram a campanha “#VoltaGabi”.

Assista ao vídeo abaixo.

No artigo

Loading...