Yahoo é vendida e presidente-executiva se demite

A presidente-executiva do Yahoo, Marissa Mayer, se demitiu do conselho de diretores da empresa com outros cinco membros, logo após a venda da companhia para a gigante de telecomunicações Verizon por US$ 4,83 bilhões.

Da Redação com informações do G1

yahoo-verizon

A presidente-executiva do Yahoo, Marissa Mayer, se demitiu do conselho de diretores da empresa com outros cinco membros, logo após a venda da companhia para a gigante de telecomunicações Verizon por US$ 4,83 bilhões. O processo aconteceu nesta segunda-feira (9), de acordo com documento registrado na Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos.

Isso não quer dizer que Marissa não continuará a exercer funções executivas no Yahoo quando a empresa vier a fazer parte da operadora. Ela, no entanto, não vai liderar a empresa, que será integrada a AOL. Combinadas, as duas ficarão sob a liderança de Marni Walden, presidente de inovação de produto e novos negócios da Verizon.

Entre os demais membros que deixarão o conselho está um dos fundadores do Yahoo, David Filo. De acordo com o documento, as demissões não têm a ver com “nenhum desentendimento com a Companhia em qualquer assunto relacionado às operações da Companhia, suas políticas ou práticas”.

Em julho do ano passado, a Verizon anunciou a aquisição da maior parte do negócio operacional do Yahoo, que consiste nos portais de internet e serviços conectados.

A parte da empresa que não se fundir, formada pela área de patentes e pela administração da fatias em outras companhias, como Yahoo Japan e Alibaba, se tornará uma companhia de investimentos. Essa companhia passará a se chamar Altaba Inc. Seu conselho contará com apenas cinco cadeiras. Na presidência estará Eric Brandt, ex-integrante do conselho do Yahoo.

Quer ler mais textos como esse? Apoie o jornalismo alternativo da Fórum: seja sócio.

Foto: Reuters

Precisamos do seu apoio: Escolha outra mídia! Seja um sócio e vá pra Cuba em 2017.

 

 

Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.



In this article

Join the Conversation