Apenas homens brancos compõem o comitê de “diversidade” da Coca-Cola

A empresa divulgou uma matéria falando sobre o comitê que criou as latinhas LGBT e frisou a “diversidade” da marca, mas grupo não tem nada de diverso e internet não perdoou. “Podia vir um biscoito também com a latinha”, ironizou uma internauta. Confira as reações 

Por Redação 

No mês passado, no Dia Internacional do Orgulho LGBT, a Coca-Cola Brasil lançou uma campanha interna com latinhas de Coca-Cola contendo o refrigerante Fanta e com a frase “Essa Coca é Fanta, e daí?”, ironizando um trocadilho homofóbico difundido há anos na sociedade brasileira.

A campanha foi divulgada na internet e, bem aceita, não demorou muito tempo para viralizar.

Nesta sexta-feira (14), no entanto, a empresa resolveu divulgar uma matéria falando sobre o comitê de “diversidade” da marca, responsável pela criação da campanha: um grupo de seis homens, todos brancos e com a aparência física semelhante. Ou seja, nada diverso.

No texto, a marca explica que o grupo é apenas um dos que formam o comitê de diversidade, que ainda tem outros grupos para fazer ações no âmbito de gênero, raça, geração e pessoas com deficiência. A Coca-Cola adiciona, ainda, que “a ideia agora é atrair mulheres LGBTs e pessoas heterossexuais para o grupo”.

Sem as mulheres outras pessoas representativas para outros segmentos, no entanto, o comitê composto apenas por homens brancos se tornou alvo de inúmeras críticas nas redes sociais.

Confira, abaixo, algumas reações no Twitter.

No artigo