Anistiados políticos pedem abertura de arquivos da ditadura militar

Em carta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, seminário de anistiados pedem ainda a atualização automática das indenizações que tramitam na justiça

246 0

Em carta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, seminário de anistiados pedem ainda a atualização automática das indenizações que tramitam na justiça

Por Redação 

Anistiados políticos encaminharam carta de reivindicações ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O documento foi elaborado ao final do 1º Seminário Anistiados do Brasil – Anistia e Direitos Humanos.

Durante o evento cujo lema foi “Anistiados do Brasil: Anistia e Direitos Humanos”, no auditório Nereu Ramos da Câmara dos deputados (DF), o ministro da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República, Paulo Vanucchi, recebeu o documento. Os anistiados pedem, entre outras coisas, a abertura dos arquivos do regime militar, a atualização automática das indenizações aos anistiados que tramitam na justiça brasileira e a revogação de instrução normativa do INSS, que exige o recolhimento da contribuição providenciaria no tempo em que os anistiados estiveram fora do trabalho por motivação política.

Ao receber o documento, Vanucchi reforçou a importância do evento para o resgate das lutas e injustiças do regime militar e afirmou que entregará ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva uma cópia do documento.

O seminário é organizado pelo Movimento Nacional de direitos Humanos (MNDH), em parceria com o Núcleo de Estudos para Paz e os Direitos Humanos da Universidade de Brasília (UnB).



No artigo

x