Marcha a favor da transposição do São Francisco é adiada

Governador da Paraíba, que organiza ação, quer pelo menos uma caminhada em cada estado participante antes de se reunir em Brasília

264 0

Governador da Paraíba, que organiza ação, quer pelo menos uma caminhada em cada estado participante antes de se reunir em Brasília

Por Redação

A marcha a favor da transposição do Rio São Francisco, agendada para quarta-feira, 22, em Brasília, foi adiada. A confirmação partiu da assessoria de imprensa do governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), um dos promotores da mobilização.

O adiamento ocorreu para garantir a participação dos quatro estados participantes, Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. A única mobilização realizada foi no município de Cajazeiras (PB). A próxima está programada para Campina Grande (PB).

A assessoria sustenta que é preciso haver no mínimo uma caminhada em cada um dos estados participantes antes da marcha em Brasília, sem data para ocorrer.

Na quarta-feira, os manifestantes contra a transposição chegaram a Brasília, onde pediram que o governo federal ouça as comunidades que vivem próximas ao rio. O ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, afirmou à Radiobrás que admite considerar argumentos “sérios” contra as obras do São Francisco.

Com informações da Agência Brasil



No artigo

x