Governo pedirá extradição de Salvatore Cacciola

Condenado em 2005 por crimes financeiros, o ex-banqueiro foi preso no sábado, no Principado de Mônaco

140 0

Condenado em 2005 por crimes financeiros, o ex-banqueiro foi preso no sábado, no Principado de Mônaco

Por Redação

O governo brasileiro pedirá a extradição do ex-banqueiro Salvatore Cacciola preso na manhã de sábado, 15, em Mônaco, no sul da França. Representantes do Ministério da Justiça e das Relações Exteriores e da Polícia Federal devem pedir a extradição do ex-dono do Banco Marka. Ele estava foragido da Justiça.

Em abril de 2005, a 6ª Vara Criminal da Justiça Federal do Rio de Janeiro condenou o ex-banqueiro a 13 anos de prisão em regime fechado por crime contra o sistema financeiro nacional. Cacciola estava foragido desde o início do processo. O escândalo financeiro que envolveu o ex-banqueiro ocorreu em janeiro de 1999, na desvalorização cambial, quando o Banco Central socorreu os Marka e FonteCindam com R$ 1,6 bilhão. O objetivo seria impedir a liquidação das duas instituições para evitar um abalo em todo o sistema financeiro.

De acordo com a Polícia Federal, Salvatore Cacciola foi preso pela Interpol, a polícia internacional. O Ministério da Justiça informou, por meio da assessoria, que só irá se pronunciar oficialmente sobre o processo de extradição na segunda-feira, 17.

(Com informações da Agência Brasil)



No artigo

x