Sindicalista da USP é readmitido por decisão judicial

Reintegração de Claudionor Brandão, um dos diretores do SintUsp, era uma das reivindicações do movimento da universidade

208 0

Reintegração de Claudionor Brandão, um dos diretores do SintUsp, era uma das reivindicações do movimento da universidade

Por Redação

A 26ª vara do Tribunal Regional do Trabalho decidiu hoje pela reintegração de Claudionor Brandão ao quadro de funcionários da USP. Um oficial de justiça compareceu hoje na universidade protocolando a decisão. A reintegração de Brandão, que também é um dos diretores do Sindicado dos Trabalhadores da USP (SintUSP), era uma das reivindicações dos funcionários e estudantes que pautavam a paralisação.

Caso a universidade não cumpra a ordem judicial, deverá pagar uma multa diária de R$ 10 mil. Ela também será obrigada a pagar todos os salários do funcionário desde dezembro do ano passado, quando foi demitido, caso não recorra da decisão. A reitoria ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Retomada
O Cruesp (Conselho de Reitores das Universidades Estaduais de São Paulo) discutirá sobre a reabertura das negociações com o Fórum das Seis (entidade que integra representantes de classe da USP, da Unesp e da Unicamp) em reunião amanhã, às 10h.

De acordo com Magno Carvalho, do Sintusp, a volta às negociações só será aceita se a PM sair do campus.



No artigo

x