União Europeia perde 1,9 milhão de empregos em três meses

Nos 16 países da zona euro a queda do número de postos de trabalho foi de 1,22 milhão, nos mesmos três meses

172 0

Nos 16 países da zona euro a queda do número de postos de trabalho foi de 1,22 milhão, nos mesmos três meses

Por Redação

No primeiro trimestre de 2009, o número de pessoas empregadas na União Europeia baixou 1,916 milhão, segundo dados do Eurostat publicados nesta segunda-feira. Nos 16 países da zona euro a queda do número de postos de trabalho foi de 1,22 milhão, nos mesmos três meses.

Pelo terceiro trimestre consecutivo, o nível de emprego baixou na União Europeia e na zona euro.

Na União Europeia a queda do emprego foi de 0,8% no primeiro trimestre de 2009, tendo sido de 0,3% no quarto trimestre de 20080,1% no terceiro. Em relação à zona euro, a queda no último trimestre foi de 0,8% e tinha sido de 0,4% e 0,2%.

Na comparação do primeiro trimestre de 2009 com igual período de 2008 a queda foi de 1,2%, tanto para a União Europeia, como para a zona euro.

A zona euro é composta pelos seguintes 16 países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Malta e Portugal.

Por Esquerda.net.



No artigo

x