A busca por cidades melhores para se viver

Como seria uma boa cidade para o homo sapiens viver? Esta pergunta que inspirou o urbanista dinamarquês Jan Gehl, agora motiva a jornalista Natália Garcia. Ela está viajando pelo mundo em busca de boas...

455 2

Como seria uma boa cidade para o homo sapiens viver? Esta pergunta que inspirou o urbanista dinamarquês Jan Gehl, agora motiva a jornalista Natália Garcia. Ela está viajando pelo mundo em busca de boas práticas para tornar os lugares mais agradáveis para se viver.

O itinerário de Natália passa por 12 cidades. No momento ela está em Paris, já tendo visitado Curitiba, Copenhage e Amsterdam. Ela fica um mês em cada cidade e conta um pouco do que vê no blog Cidades para Pessoas.

Todas as cidades escolhidas tiveram a consultoria de Jan Gehl, que busca em seus projetos soluções para melhorar a vida nas cidades. Seus projetos de planejamento urbano incluem mobilidade urbana, habitação, revitalização dos centros das cidades, espaços públicos de convivência, etc.

Em Copenhage, por exemplo, Natália conta que há um sistema de bicicletas públicas, com vários pontos instalados pela cidade. A pessoa pode retirar uma delas, usar quanto quiser e devolver em qualquer ponto. Ela também mostra as piscinas públicas da capital dinamarquesa. Em 1991, os canais eram poluídos e passaram por um processo de revitalização. Hoje a população se diverte em suas águas.

Vale a pena acompanhar as viagens de Natália por essas 12 cidades, quem sabe elas inspirem as brasileiras.

Copenhague antes da revitalização em 1991

Copenhague hoje



No artigo

2 comments

  1. Angus Boyington Responder

    Adriana Delorenzo,

    Seria interessante uma busca semelhante pelo Brasil. Será que somente Curitiba teve a sorte de escolher uma administração urbana séria?

    1. Adriana Responder

      Olá, com certeza há muitas outras experiências pelo Brasil afora. Abraços


x