Dia de mobilização paralisa escolas públicas em doze estados

Doze estados paralisaram nesta terça-feira, 16, total e parcialmente, suas atividades na rede de ensino público para pedir a implantação o mais rápido possível do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN). As atividades fazem parte da...

148 0

Doze estados paralisaram nesta terça-feira, 16, total e parcialmente, suas atividades na rede de ensino público para pedir a implantação o mais rápido possível do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN). As atividades fazem parte da campanha ‘O Piso é Lei, faça valer!’realizada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). A paralisação de hoje é apenas a primeira etapa de uma ampla campanha nacional que busca garantir o cumprimento da lei.

Segundo o presidente da CNTE, Roberto Leão, a mobilização contínua e é uma forma de inibir ações dos estados para derrubar pontos da lei do piso. A categoria respondeu ao chamamento da CNTE e realizou manifestações no Brasil inteiro. Demonstramos que estamos dispostos a lutar o quanto for preciso para assegurar esse direito", finaliza.

Após as eleições municipais serão organizadas caravanas a Brasília para pressionar o Congresso contra projetos de lei que possam propor alteração da legislação do piso e audiências públicas em Câmaras de Vereadores e Assembléias Legislativas para debater a implantação do PSPN.

Confira o balanço da paralisação e as atividades desenvolvidas nos estados.

Acre: Paralisação parcial

Amapá: Paralisação em 70% no estado.

Bahia: Em Salvador, as atividades realizadas na Praça da Piedade, a partir de 9 horas. Um caruru foi servido aos educadores

Ceará: Paralisação em 80% das escolas da região metropolitana de Fortaleza.

Distrito Federal: Paralisação parcial

Goiás: Em greve. Manifestação às 9h na Secretária da Fazenda.

Maranhão: 90% Paralisação.

Mato Grosso: Paralisações definidas pelos próprios municípios.

Mato Grosso do Sul: Seminário sobre a implementação do Piso, na parte da manhã, e à tarde Assembléia Geral, com assuntos gerais.

Minas Gerais: Em greve. Assembléia às 15h, no pátio da Assembléia Legislativa de Minas Gerais e passeata até o Palácio da Liberdade.

Pará: Das 15h às 20h, na sede do Sindicato: Seminário sobre o Piso Nacional e o Plano de Cargos e Carreiras do Estado.

Paraíba: Paralisação de 100%

Paraná: Debates nas escolas sobre o Piso, quando será cobrada a assinatura dos candidatos ao compromisso de implementação do PSPN. Panfletagem, na Rua XV, às 14h
Pernambuco: Paralisação parcial
Paralisação de 100% das escolas municipais de Jaboatão dos Guararapes

Piauí: paralisação em 70% das escolas do estado.

Rio Grande do Sul: 70% Paralisação em todo o estado

Rio Grande do Norte: 100% Paralisação escolas das redes estaduais e municipais.

Rondônia: Paralisação Parcial. Passeata pelas principais ruas da capital, com realização de assembléia para discutir a pauta de reivindicações 2009.

Roraima: Paralisação Parcial

Santa Catarina: Mobilização em todas as escolas estaduais e municipais. E no dia 17, às 8h30, Seminário sobre o Piso Nacional no CEDUP, em Lages.

São Paulo: Seminário: Jornada e Diretrizes da Carreira Docente, de 9 às 14h, na Assembléia Legislativa.

Sergipe: 90% Paralisação em todo o estado



No artigo

x