Movimento indígena convida Morales para protesto na Colômbia

 O Conselho Regional Indígena de Cauca (CRIC), que organiza a marcha dos indígenas rumo a Cali, na Colômbia, revelou nesta quinta-feira, 23, que representantes sociais da região e o presidente boliviano, Evo Morales, foram convidados...

118 0

 O Conselho Regional Indígena de Cauca (CRIC), que organiza a marcha dos indígenas rumo a Cali, na Colômbia, revelou nesta quinta-feira, 23, que representantes sociais da região e o presidente boliviano, Evo Morales, foram convidados a aderirem à causa indígena.

Os indígenas realizaram na semana passada uma Minga (ponto de encontro para diálogo), que se transformou em um protesto, levando-os a organizar uma marcha pela principal rodovia do sul do país.

Na segunda-feira, com a promessa de não bloquearem o trânsito de veículos, os manifestantes começaram a marcha, que deve chegar a Cali no próximo sábado.

O representante do CRIC, Fernando Valencia, afirmou que espera que os convidados "formalizem publicamente seu apoio", e considerou que os possíveis apoiadores dos protestos são o Prêmio Nobel da Paz argentino Adolfo Pérez Esquivel e o juiz espanhol Baltasar Garzón.

Valencia declarou que aguarda uma resposta do presidente Morales e de outras personalidades convocadas, entre elas a Prêmio Nobel da Paz Rigoberta Menchú.

(Com informações do portal Ansa)

Leia também

Na Colômbia, marcha indígena tem dois mortos
Povos originários marcham pela posse da terra expropriada. Polícia colombiana nega ter provocado a morte de dois indígenas

Uribe reconhece que polícia atirou durante manifestação indígena
O presidente colombiano, Álvaro Uribe, reconheceu hoje, 23, que um policial realizou disparos com arma de fogo nos confusos incidentes protagonizados por indígenas



No artigo

x