“Latifúndio Midiota” revela os interesses e o poder dos conglomerados da comunicação

Livro de Leonardo Wexell Severo será lançado nesta terça, 7, na livraria Martins Fontes, em São Paulo

576 0

Livro de Leonardo Wexell Severo será lançado nesta terça, 7, na livraria Martins Fontes, em São Paulo 

Por Sâmia Gabriela Teixeira

A concentração dos meios de comunicação e a manipulação informativa são os temas do livro “Latifúndio midiota: crise$, crime$ e trapaça$”, do jornalista Leonardo Wexell Severo, assessor de comunicação da Central Única dos Trabalhadores (CUT). A obra, que será lançada nesta terça, 7, em São Paulo, segundo ele, tem como objetivo desmascarar os interesses dos conglomerados da mídia brasileira. “O livro, como o título sugere, é como eu consegui traduzir o trágico sistema de concentração do poder da mídia nas mãos de poucas famílias, que decidem o que é ou não pauta, o que é ou não é verdade”, conta o autor.

A publicação reúne 20 artigos e reportagens publicados pelo autor em veículos alternativos como o Portal do Mundo do Trabalho, Brasil de Fato, Revista do Brasil e o site Vermelho. Segundo Severo, todos denunciam como os meios de comunicação informam de acordo com os interesses de seus proprietários ou anunciantes mais ativos. Além disso, ressaltam a importância da democratização da mídia, muito discutida entre blogueiros e jornalistas ativistas que militam pela pluralidade informativa e um novo marco regulatório da comunicação.
Severo explica que “o livro é um meio de fazer com que as pessoas pensem com a própria cabeça e andem com as próprias pernas”. Assim, diz ele, os expectadores podem entender de forma crítica o que a mídia pretende quando veicula ou quando oculta determinados fatos.
“Esse material mostra os descaminhos dos meios de comunicação, que manipulam a verdade ou a omitem. Para mim, o livro chega em um bom momento, pois vivemos a alienação do patrimônio público. Essa é uma realidade atual e o apoio da mídia legitima esse tipo de prática, pois invisibiliza trabalhadores que sofrem com a privatização do patrimônio público, pautando e veiculando o que lhe convém, por interesse mercantil”, diz Severo.
O livro inaugura o selo do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, e será lançado com um coquetel nesta terça-feira (7) na Livraria Martins Fontes, da avenida Paulista.
Serviço:
Lançamento: Latifúndio midiota: crise$, crime$ e trapaça$
Endereço: Av. Paulista, 509 (ao lado do metrô Brigadeiro)
Horário: das 18h30 às 21h30 
Latifúndio midiota: crime$, crise$ e trapaça$
Editora: Papiro 
136 páginas
Preço: R$ 20,00


No artigo

x