32º Mostra Internacional de Cinema tem 456 filmes de 75 países

"Terra Vermelha" retrata a luta dos índios na América Latina A Mostra Internacional de Cinema São Paulo chega à sua 32ª edição com 456 filmes de 75 países, cursos e uma programação especial....

221 0

"Terra Vermelha" retrata a luta dos índios na América Latina

A Mostra Internacional de Cinema São Paulo chega à sua 32ª edição com 456 filmes de 75 países, cursos e uma programação especial.

Serão 16 pontos de exibição da mostra de 2008, que começa nesta quinta-feira, 16, para convidados, e na sexta-feira, 17, para o público. O filme de abertura será Terra Vermelha, co-produção ítalo-brasileira que foi destaque do Festival de Veneza e aborda a questão indígena. A mostra segue até o dia 30 de outubro.

Eventos                                                                           Benício Del Toro como Che Guevara
Nesta edição Leon Cakoff e sua equipe preparação atrações                                 especiais, se não imperdíveis. Uma delas é a vinda do cineasta Wim Wenders, e de quebra uma seleção de 15 filmes –alguns de sua autoria- para uma se seleção wendersiana. A outra é a vinda do ator Benicio Del Toro, para a sessão de encerramento da mostra, no dia 30, que exibirá Che, de Steven Soderbergh.no encerramento. Del Toro foi o melhor ator em Cannes deste ano, com o papel de Che Guevara.

O clássico O Poderoso Chefão, de Francis Ford Coppola, primeiro da trilogia, ganha exibições especiais restaurada pelo próprio autor. A mostra também exibe a volta do diretor de José Padilha aos documentários. Após o sucesso de Tropa de Elite (ganhador do Urso de Berlim em 2007), Padilha apresenta o documentário "Garapa", sobre a o problema da fome e da miséria.

O sueco Ingmar Bergman, morto no ano passado, também é lembrando na mostra. Ele ganha duas homenagens – uma retrospectiva do começo de sua carreira e a exposição “Meus Encontros com Bergman”, uma série de fotografias de Ove Wallin.

A cantorosa portuguesa Maria de Medeiros, foi nomeada pela Unesco como "Artista pela Paz"

Já o argentino Pablo Trapero ganha retrospectiva com quatro filmes precedida pela exibição de seu novo longa, La Leonera, onde Rodrigo Santoro atua. A mostra também anuncia dois shows – um de André Abujamra e de Maria de Medeiros, uma atriz, cineasta e cantora portuguesa que interpretará. composições de Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, que estão presentes em seu primeiro disco, “A Little More Blue”. O disco é carinhosa homenagem à música popular brasileira e aos seus autores de resistência nos anos da ditadura militar. Outra curiosidade da multifacetada artista é sua nomeação como “Artista da UNESCO pela Paz” e o seu primeiro longa-metragem, o “Capitães de Abril”, que recebeu o Prêmio do Júri Internacional da 24ª Mostra de Cinema em 2000.
Outra sessão especial é os encontros “Os Filmes da Minha Vida”, em que personalidades do cinema, revelarão ao público quais são os filmes que marcaram e mudaram suas vidas. Os encontros que serão diários terão Walter Salles, Carlos Reichenbach, Bruno Barreto, Hector Babenco e muitos outros.

Programaçao gratuita

O Vão livre do do MASP (Museu de Arte de São Paulo) vai se transformar em um sala de cinema ao ar livre. O local abrigaraá A retrospectiva da 31ª Mostra (2007), com apresentações gratuitas dos mais destacados filmes já exibidos.

Na seleção deste ano estão O Banheiro do Papa, vencedor do Prêmio do Júri de Melhor Filme, dirigido por Enrique Fernández e pelo brasileiro César Charlone, que conta a história do contrabandista Beto. Interessado em ganhar alguns trocados, constrói um banheiro para atender a multidão que chegará à sua cidaded, quando da visita do Papa.

Ganhador do Prêmio do Público de Melhor Longa Estrangeiro, Persépolis, de Marjane Satrapi e Vincent Paronnaud, narra a história da garota Marjarne que sonha mudar o mundo. A seleção inclui ainda Maré, Nossa História de Amor, de Lúcia Murat, musical sobre a favela de mesmo nome no Rio de Janeiro. SOS Saúde, documentário de Michael Moore, sobre a indústria do lucro por trás dos tratamentos médicos nos Estados Unidos. No Vale das Sombras, de Paul Higgs, mostra o sofrimento pelo qual passam as famílias de jovens que serviram na Guerra do Iraque. O depressivo vocalista Ian Curtis, líder do Joy Divison, é o tema de Control, de Anton Corbijn. Bob Dylan é o foco de I’m Not There, de Todd Haynes, que contou com Cate Blanchett como uma das intérpretes do roqueiro. Across The Universe, de Julie Taymor, é uma comédia musical, relatando uma história de amor ambientada nos anos 1960. Em Viagem A Darjeeling, de Wes Anderson, três irmãos que, não se falam há um ano, decidem fazer uma viagem de trem percorrendo a Índia.

Confira a programação completa da mostra aqui



No artigo

x