Após constrangimento, Vanucchi condena muros do RJ

O ministro Paulo Vanucchi, da Secretaria Especial de Direitos Humanos, criticou a construção dos muros ao redor das favelas do Rio de Janeiro, um dia após ser questionado em sabatina da ONU em Genebra....

147 2

O ministro Paulo Vanucchi, da Secretaria Especial de Direitos Humanos, criticou a construção dos muros ao redor das favelas do Rio de Janeiro, um dia após ser questionado em sabatina da ONU em Genebra. “Sociedades democráticas não erguem muros”, declarou o Vanucchi ao Comitê de Direitos Econômicos, Sociais e Culturais das Nações Unidas.

Um dia antes, o ministro havia sido questionado sobre a construção do muro, que foi classificado pelo perito Alvaro Tirado Mejiam como um símbolo da “discriminação geográfica”. Durante a explicação, Vanucchi afirmou que a medida é de competência do governo estadual, e não federal.

O governador Sérgio Cabral (PMDB) não quis comentar as declarações. Já Eduardo Paes (PMDB), prefeito do Rio de Janeiro, manteve-se a favor do projeto argumentando que os muros conterão o avanço das favelas sobre as matas nativas. Apesar da posição declarada contrária, Vanucchi contemporizou, defendendo que a questão ambiental também deve ser levada em consideração.

Com informações de agências.



No artigo

2 comments

  1. ibrahin genuino da silva

    voçes são ridiculos vão procurar o que resolver nesse pais !

  2. ibrahin genuino da s

    voçes são ridiculos vão procurar o que resolver nesse pais !

Comments are closed.


x