Batalha do Jenipapo é homenageada ao completar 186 anos

A batalha do Jenipapo, que hoje, 13, comemora 186 anos teve uma semana repleta de homenagens. Na quarta-feira, 11, uma sessão solene comemorou os 186 anos da batalha no Senado Federal. A proposta de realização da...

124 0

A batalha do Jenipapo, que hoje, 13, comemora 186 anos teve uma semana repleta de homenagens.

Na quarta-feira, 11, uma sessão solene comemorou os 186 anos da batalha no Senado Federal. A proposta de realização da homenagem foi apresentada pelo senador João Vicente Claudino (PTB-PI) e contou com a presença do governador Wellington Dias (PT). "Trata-se de uma data gloriosa, que mostra o quanto um povo pode na luta por sua independência", segundo o presidente do Senado, José Sarney. Ainda segundo Sarney, a "batalha do Jenipapo é um fato importantíssimo na História do Brasil, quase que esquecido pelo resto do país. "Jenipapo foi o retrato da bravura de um povo em luta pela sua liberdade. O episódio deixou um grande legado, do qual os campo-maiorenses podem se orgulhar, já que a batalha do Jenipapo foi a única com o objetivo de adesão à independência em que houve derramamento de sangue", diz João Vicente Claudino, na justificação de seu requerimento.  O governador Wellington Dias defende que a História do Brasil seja reescrita, para incluir a participação do Piauí nas lutas pela independência do país, por entender que a Batalha do Jenipapo garantiu tanto a unidade como nossa dimensão continental.

Na quinta-feira, 12, a Assembléia Legislativa de Teresina também realizou sessão solene. O autor do requerimento convocando a sessão foi deputado João de Deus (PT). Durante a sessão, o vice-reitor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Edvar de Alencar Castelo Branco, lembrou Caio Prado Júnior, que tem uma frase que todo dia 13 de março. “Os historiadores ao estabelecerem os marcos cronológicos com os quais assinalam a evolução social e política dos povos levassem em consideração os aspectos íntimos dos fatos e não apenas os aspectos externos e formais, a independência do Brasil seria antedata em 14 anos”, citou o historiador. “Os 13 de março está arraigado com a Constituição do Povo do Piauí e de nação brasileira. O 13 de março não deve ser dito em nome da piauiensidade”, afirmou o vice-reitor.  

Hoje, 13, a partir das 18 horas, Campo Grande será palco da reconstituição da batalha e de solenidades no Monumento aos Heróis do Jenipapo.



No artigo

x