Blogueiro marroquino é condenado a dois anos de prisão

Mohamed Erraji, jornalista de 32 anos, é autor de um dos mais antigos blogues marroquinos. Nos últimos dias foi preso e condenado a dois anos de prisão por "falta de respeito ao rei", por...

115 0

Mohamed Erraji, jornalista de 32 anos, é autor de um dos mais antigos blogues marroquinos. Nos últimos dias foi preso e condenado a dois anos de prisão por "falta de respeito ao rei", por ter escrito um artigo em que critica o regime marroquino.

Mohamed Erraji foi preso na quinta-feira passada, após a publicação do seu artigo e libertado na mesma noite. Na manhã seguinte foi novamente chamado pela polícia e já não voltou a sair. O julgamento sumário ditou a sentença de dois anos de prisão e cerca de 445 euros de multa e Erraji não teve direito sequer a ter um advogado para o defender.

O artigo, que o regime marroquino não tolerou, fala do clientelismo Mohamed VI. "Os Estados que respeitam os cidadãos não fazem deles mendigos, que imploram a caridade do trono glorioso, antes constroem fábricas e indústrias a fim de lhes permitir ganhar a vida com dignidade e respeito", afirma Erraji.



No artigo

x