Campanha nacional convoca homens a lutar pelo fim da violência contra a mulher

O governo brasileiro lançou no dia 31 de outubro a campanha Homens Unidos pelo Fim da Violência Contra as Mulheres. Com isso, o país é o primeiro a aderir a campanha mundial, criada em...

113 0

O governo brasileiro lançou no dia 31 de outubro a campanha Homens Unidos pelo Fim da Violência Contra as Mulheres. Com isso, o país é o primeiro a aderir a campanha mundial, criada em fevereiro desse ano, pela Organização Nações Unidas (ONU), para mobilizar a população masculina em torno do problema.

No Brasil, uma mulher é espancada a cada 15 segundos. No mundo, uma a cada três mulheres já foi espancada, estuprada, escravizada ou sofre algum tipo de violência. Os dados são da Fundação Perseu Abramo e da Anistia Internacional, respectivamente.

A campanha brasileira consiste na utilização do site www.homenspelofimdaviolencia.com.br para reunir assinaturas de homens que queiram participar da iniciativa. A meta é atingir 90 mil adesões.

Leia também

Opinião: Feminicídio ao vivo: o que nos clama Eloá Por Maria Dolores e Maria da Penha     A socióloga e Maria da Penha, que inspirou o nome da Lei 11340/06, analisam o sequestro de Eloá

Vigília pede fim da violência contra as mulheres em Pernambuco De acordo com Joana Santos, coordenadora do Fórum de Mulheres de Pernambuco, 205 mulheres foram assassinadas no estado em 2008

 



No artigo

x