Corrupção e narcotráfico somam 50% do PIB afegão

A corrupção supera a lista de problemas que preocupam os afegãos, à frente da insegurança e desemprego, apurou um relatório divulgado hoje pelo Gabinete das Nações Unidas contra a Droga e o Crime (UNODC)...

249 0

A corrupção supera a lista de problemas que preocupam os afegãos, à frente da insegurança e desemprego, apurou um relatório divulgado hoje pelo Gabinete das Nações Unidas contra a Droga e o Crime (UNODC) em Londres, que também revela que a maioria dos afegãos considera ainda que o problema se agravou bastante após o fim do regime talibã.

Este inquérito reuniu entrevistas a 7200 pessoas em 12 capitais de província e mais de 1600 aldeias mostram que 59% dos afegãos apontam a corrupção como o maior problema, seguido pela insegurança (54%) e desemprego (52%).

Mais de metade dos afegãos confessou ter subornado funcionários públicos nos últimos doze meses, sobretudo policiais, empregados das autoridades locais ou regionais, juízes, procuradores públicos, médicos e elementos do governo, a maioria das vezes por imposição dos próprios corruptos.

Em média, os subornos alcançam os 160 dólares, quase metade do rendimento anual per capita, calculado em 425 dólares.

“É altura de drenar o pântano da corrupção para impedir que o dinheiro e a confiança desapareçam num buraco negro”, disse Antonio Maria Costa, chefe do Gabinete das ONU para a Droga e o Crime, que também defende o afastamento dos governantes com passado obscuro e o controle rigoroso dos funcionários públicos.

Por Esquerda.net.



No artigo

x