Entidades convocam seminário internacional sobre agrocombustíveis

Diversas entidades, movimentos sociais e ambientais promovem, entre 17 e 19/11, o Seminário Internacional "Agrocombustíveis como obstáculo à construção da soberania alimentar e energética", em São Paulo. O evento pretende questionar os mitos da...

131 0

Diversas entidades, movimentos sociais e ambientais promovem, entre 17 e 19/11, o Seminário Internacional "Agrocombustíveis como obstáculo à construção da soberania alimentar e energética", em São Paulo. O evento pretende questionar os mitos da “sustentabilidade” da produção industrial de etanol, aprofundar o debate do papel da agroenergia nas crises alimentar, energética e climática, além de apresentar propostas políticas para o fortalecimento da soberania alimentar e energética.

Contraponto à Conferência Internacional sobre Biocombustíveis do governo federal – que acontece em São Paulo de 17 a 21 de novembro -, o Seminário pretende alertar os participantes do evento oficial e a opinião pública nacional e internacional sobre os graves problemas do etanol quanto a questões trabalhistas (como trabalho degradante e escravo), ambientais (como desmatamentos, exaustão e contaminações de solos e cursos d’água e poluição atmosférica, grandes monocultivos, etc) e fundiárias (concentração de terras, ocupação de territórios de populações tradicionais, estrangerização das terras), entre outros.

Para as entidades organizadoras do Seminário, o modelo agroexportador incentivado pelo governo brasileiro e a previsão de expansão do setor sucroalcooeliro – dos atuais 7 milhões de hectares de cana para 10,3 milhões em 2013 –, além de aprofundar os impactos sociais, ambientais e fundiários, não atendem às demandas internas de energia e reforçam uma disputa aberta entre culturas energéticas e alimentares pela terra agriculturável.

O evento também analisará os impactos dos cultivos energéticos em países da América Latina, América do Norte, África, Ásia e Europa, e buscará apresentar alternativas que atendam às necessidades locais e regionais das diversas realidades dentro do conceito de soberania energética, atentando para questões de importância vital como clima, soberania alimentar e uso sustentável dos recursos naturais. As conclusões do Seminário serão levadas e apresentadas à Conferência Internacional sobre Biocombustíveis e seus participantes.

Compareça!
Seminário Internacional: Agrocombustíveis como obstáculo à construção da soberania alimentar e energética
De 17 a 19/11
No Auditório da Apeoesp, Praça da República, 282, São Paulo

Movimentos e entidades brasileiras convocantes:
Via Campesina Brasil – MMC, CPT, MPA, MAB, FEAB, CIMI, PJR, MST
ABRA – Associação Brasileira de Reforma Agrária
Amigos da Terra Brasil
ANA – Articulação Nacional de Agroecologia
CUT – Central Única dos Trabalhadores
Assembléia Popular
FASE
FBOMS
FETRAF – Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familar
Marcha Mundial das Mulheres
Plataforma BNDES
REBRIP – Rede Brasileira pela Integração dos Povos
Rede Economia e Feminismo
Rede Social de Justiça e Direitos Humanos
Rede Educação Cidadã
Repórter Brasil
Terra de Direitos

 



No artigo

x