FSM: Após 10 anos, debates e perspectivas

O Forum Social Mundial (FSM) completa neste ano 10 anos de existência e, como é costume ao se completar ciclos, grande parte de suas atividades fará um balanço desde seu início e traçará perspectivas para...

134 1

O Forum Social Mundial (FSM) completa neste ano 10 anos de existência e, como é costume ao se completar ciclos, grande parte de suas atividades fará um balanço desde seu início e traçará perspectivas para os próximos anos. Desta vez, as atividades serão descentralizadas, apesar da maioria dos debates ocorrerem em Porto Alegre e em Salvador. Serão pelo menos 27 eventos espalhados pelo Brasil e pelo mundo.

Entre os dias 25 e 29 de janeiro, a capital gaúcha recebe o “FSM 10 Anos: Grande Porto Alegre”, que começará com uma atividade de balanço e perspectivas dos 10 anos do evento. Serão mais de 70 intelectuais e dirigentes sociais que participarão dos debates e avaliarão não somente os novos desafios para os movimentos sociais como também a própria dinâmica interna do FSM. Entre os participantes estão Eduardo Galeano, Francisco Whitaker, Ladislau Dawbor, Oded Grajew e Paul Singer.

Em Porto Alegre, as atividades de balanço integrarão o Seminário Internacional “10 Anos Depois: Desafios e propostas para um outro mundo possível” e ocorrerão na Assembleia Legislativa do estado, na Usina do Gasômetro e nos Armazéns do Porto. As cidades de Gravataí, Canoas, São Leopoldo, Novo Hamburgo e Sapiranga também receberão atividades do FSM de 2010.

Entre os dias 29 e 31, será a vez de Salvador sediar a maior parte dos eventos do FSM. Todos os encontros serão pautados pelo tema “Diálogos, diversidade cultural e crise civilizatória”, com cinco eixos transversais: tolerância, pluralismo, violência e anti-racismo; democracia substantiva e afirmação e empoderamento da sociedade civil; gênero e alternativas a mercantilização e homogeneização; respostas à crise; descolonização do pensamento.

Entre as mesas gerais de debate estarão os encontros do grupo Crise e Oportunidade, integrado por uma equipe de economistas e ativistas que se uniram durante o estouro da crise econômica de 2008 para pensar e propor alternativas econômicas para o mundo.

Internacional

Outras cidades fora do Brasil também sediarão encontros organizados pelo Forum Social Mundial, como Kpomassé, em Benin, Madri, na Espanha, e Praga, na República Tcheca. Em Benin ocorrerá, entre 28 e 31 de janeiro, o II Forum Social Local do Atlântico, cujo tema será “os impactos das crises financeira e alimentar mundiais na agricultura africana: respostas e alternativas cidadãs”. O encontro já preparará o continente africano para o FSM de 2011, cujas atividades serão centralizadas em Dacar, no Senegal.

Antes do FSM, ainda acontecerão o I Fórum Social de Economia Solidária e I Feira Mundial de Economia Solidária, entre 22 e 24 de janeiro em Santa Maria e entre 25 e 29 de janeiro, em Canoas, e o Forum Mundial de Teologia e Libertação, entre 26 e 28 de janeiro em São Leopoldo. Ao longo de 2010 serão realizados diversos encontros relacionados ao FSM.

Confira no site do FSM a programação por cidade.



No artigo

1 comment

  1. Artur

    Parabéns ao Fórum!!! que muitos anos tenha esse importantíssimo Fórum que defende realmente o planeta e a humanidade de verdade. Vamos comemorar e fortalecer.

Comments are closed.


x