Fujimori é condenado por violação de direitos humanos

O ex-presidente peruano Alberto Fujimori foi condenado nesta terça-feira, 7, em Lima por violações dos direitos humanos. É a primeira vez que um presidente eleito latino-american é condenado por esse tipo de abuso em seu...

159 0

O ex-presidente peruano Alberto Fujimori foi condenado nesta terça-feira, 7, em Lima por violações dos direitos humanos. É a primeira vez que um presidente eleito latino-american é condenado por esse tipo de abuso em seu próprio país.

Um painel de três juízes o condenou por ter mandado as Forças Armadas matarem 25 pessoas acusadas de pertencer à guerrilha durante seu governo, entre 1990 e 2000.

Vigília

Centenas de pessoas realizaram vigílias contra e a favor do ex-presidente peruano Alberto Fujimori, horas antes da Justiça do país anunciar a sentença do processo que o acusa de assassinato e crimes de violação aos direitos humanos.
Os fujimoristas, vestidos com laranja (cor da coalizão Aliança para o Futuro) e carregando faixas com dizeres que apoiavam o ex-presidente e pediam a liberdade do mesmo, concentraram-se próximo à sede da Direção de Operações Especiais da Polícia Nacional (Diroes), onde será anunciado o veredicto.
Já ativistas em prol dos direitos humanos e pessoas em luto se reuniram nas redondezas do Palácio da Justiça, no centro da capital peruana.

Guerrilha
Cerca de 70 mil pessoas morreram em duas décadas de conflitos entre governo e guerrilha maoísta no país. Fujimori chegou a ser um presidente popular por conta de seu sucesso em controlar o caos econômico e vencer a guerrilha. Porém, um escândalo de corrupção abalou seu governo em 2000, e ele fugiu para o exílio no Japão.
Hoje, aos 70 anos, ele está preso e com a sentença, deve passar o resto da vida atrás das grades.

(Com informações da EFE)

Saiba Mais

Juiz ordena prisão domiciliar a Fujimori no Chile

Peru condena ex-militares por morte de estudantes



No artigo

x