Futepoca:McCain prefere música de compositores democratas

Campanha é campanha e marqueteiro é uma desgraça. Mas tudo tem limite. A primeira vítima foi o John Cougar Mellencamp. Our Country e Pink Houses foram incorporadas às propagandas políticas do...

142 0

Campanha é campanha e marqueteiro é uma desgraça. Mas tudo tem limite.

A primeira vítima foi o John Cougar Mellencamp. Our Country e Pink Houses foram incorporadas às propagandas políticas do republicano John McCain ainda em fevereiro de 2008. O ardente democrata ficou possesso. Para alguém que apoiou a bi-derrota de John Edwards na corrida dos burros, ver músicas compostas com finalidades (quase) políticas é um acinte.

Meses depois, o desconhecido Christopher Lennertz. Em junho, a campanha de McCain usou a trilha sonora do jogo Medal of Honor, composta pelo músico, enquanto o republicano falava sobre sua família e sua participação na guerra do Vietnã. Segundo o Game Politics, Lennertz vota no democrata Barack Obama.

Em agosto, Jackson Browne achou ruim que Running on Empty fosse usada sem autorização, sempre por McCain, em anúncio bancado pelo Partido Republicano de Ohio. Lascou-lhes um processo em Los Angeles por violação de direitos autorais da canção de 1977. O roqueiro é um ativista liberal – leia-se esquerda nos Estados Unidos – e sempre votou com os democratas. Aliás, segundos os advogados do cantor, ao usar a música a campanha violou uma tal de Lei Lanham, já que a peça de propaganda dá a idéia de que o cabra apóia o candidato.

A íntegra está no blogue Futepoca



No artigo

x