Governo lança bolsas Copa e Olímpica para segurança dos eventos

Policiais, bombeiros e agentes de segurança que trabalharão na Copa de 2014 e nas Olimpíadas de 2016 receberão uma bolsa para participar de cursos de formação. A novidade foi anunciada ontem, 26, pelo presidente...

148 0

Policiais, bombeiros e agentes de segurança que trabalharão na Copa de 2014 e nas Olimpíadas de 2016 receberão uma bolsa para participar de cursos de formação. A novidade foi anunciada ontem, 26, pelo presidente Lula. A proposta é qualificar os profissionais para garantir a segurança dos dois eventos, que ocorrerão no Brasil.

A Bolsa Copa será acrescida gradativamente e incorporada aos salários de policiais e bombeiros das capitais que sediarão as competições. Já a Bolsa Olímpica será paga somente para agentes de segurança e bombeiros do Rio de Janeiro e não terão direito à outra bolsa.

Cada profissional de segurança que for trabalhar na Copa começará a receber um bônus de R$ 550, e os que forem trabalhar nas Olimpíadas receberão R$1200 a mais incorporados no salário. As bolsas serão implementadas em 2011, cuja projeção de gastos com segurança pública é de R$ 1,3 bilhão.

Segundo o ministro Tarso Genro, as bolsas fazem parte da “mudança estrutural na remuneração dos servidores policiais do país”. O decreto assinado pelo ministro também aumenta o valor da Bolsa de Formação do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), concedida para 167 mil policiais de todo o país. O valor passará de R$ 400 para R$ 443.

Com informações do Congresso em Foco.



No artigo

x