Greve dos bancários se estende pelo Brasil

A greve nacional dos bancários começou hoje, 24 de setembro, por tempo indeterminado e com  diversas concentrações e agências bancárias de São Paulo e Osasco, em especial nas áreas centrais das duas cidades, além da...

133 0

A greve nacional dos bancários começou hoje, 24 de setembro, por tempo indeterminado e com  diversas concentrações e agências bancárias de São Paulo e Osasco, em especial nas áreas centrais das duas cidades, além da região da avenida Paulista. A mobilização também acontece em diversas cidades do Brasil.

O movimento foi aprovado por unanimidade em assembleia que reuniu cerca de dois mil trabalhadores na Quadra dos Bancários, na quarta, 23, quando também foi rejeitada, igualmente por unanimidade, a proposta da Federação dos Bancos (Fenaban), que não contempla aumento real nos salários, quer reduzir a PLR e não garante melhores condições de trabalho para a categoria, que pede 10% de reajuste salarial. 

Segundo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, até às 12h30 do primeiro dia, a paralisação em São Paulo, Osasco e região, abrangia mais de 16 mil bancários em 264 locais de trabalho

Rio de Janeiro: 240 agências aderem  

De acordo com os números do Sindicato dos Bancários do Rio Janeiro, a capital carioca já tem adesão de 9 mil bancários que trabalham na cidade. A entidade contabiliza 240 agências paralizadas. 

Brasil

As bases sindicais dos bancários rejeitaram a proposta dos bancos em assembleias realizadas ontem por todo o país Diversos estados aderiram à greve.   



No artigo

x