Justiça paulista tira do ar blogue de delegado crítico a Serra

Estranho. Muito estranho. A Justiça tirou do ar o blog Flit Paralisante, mantido pelo delegado Roberto Conde Guerra. Não conheço o delegado. Como jornalista, não costumo cobrir assuntos policiais todos os dias. Sei que,...

145 1

Estranho. Muito estranho. A Justiça tirou do ar o blog Flit Paralisante, mantido pelo delegado Roberto Conde Guerra. Não conheço o delegado. Como jornalista, não costumo cobrir assuntos policiais todos os dias. Sei que, mesmo na polícia, há quem torça o nariz para algumas opiniões ou atitudes do delegado…

Mas, qual a justificativa para tirar o ‘‘blog‘‘ do ar? Cometeu crime? É proibido delegado escrever na internet?

O mais estranho é que na sexta-feira ainda, poucas horas depois do despacho do juiz, gente da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo ligou para as redações ‘‘avisando‘‘: olha o blog do delegado saiu do ar.

Por que tanta diligência, tanta pressa em dar a notícia? Esse é papel de Secretaria de Segurança? A decisão do juiz foi dada sob encomenda para o governo Serra? Por isso, a secretaria estava comemorando?

Estou apenas testando hipóteses — como faz uma conhecida escola do jornalismo serrista, a partir de sua cátedra no bairro do Jardim Botânico, Rio de Janeiro.

Talvez o juiz tenha uma boa explicação para retirar o blog do ar. No despacho que recebi pela internet, não descobri explicação. Mas, vou atrás.

Sei que, na polícia, o delegado era (e continuará sendo, porque já voltou a escrever em outro endereço) das poucas vozes a enfrentar abertamente a política (?) de Segurança do governo do PSDB.

O blog era também um instrumento importante para jornalistas que acompanham assuntos policiais, até como fonte alternativa: servia como contraponto às informações oficiais que chegam da Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Durante a greve da Policia Civil, o blog tornou-se também ferramenta da categoria, para convocar manifestações e distribuir informes dos grevistas.

Não cabe aqui discutir se policial deveria ter direito a fazer greve e passeata, ainda mais com revólver na cinta (acho, pessoalmente, que deveria haver limites pra isso). Mas, estamos diante de algo muito mais grave!!

Precisamos soar o alarme na internet!!

Voltando a testar hipóteses, imagine se algo do tipo ocorresse sob um governo da chamada ‘‘esquerda‘‘. A essa altura já haveria manchetes, gritaria, o STF estaria sendo acionado para garantir a liberdade de expressão.

Aquele senador tucano do Amazonas (esqueci o nome dele, talvez porque tenha conseguido só 5% dos votos na eleição passada para o governo estadual) já estaria no plenário, gritando, berrando..

Serra, isso é sabido, tem o hábito de pedir cabeça de jornalista. Se não gosta de uma reportagem, liga para o chefe de redação e cobra explicações.

Entre os ‘‘amigos‘‘ de Serra, está Caio Tulio Costa, diretor do portal iG. Caio Túlio foi responsável por outro episódio estranho este ano: retirou do ar, sem aviso prévio, o Conversa Afiada, de Paulo Henrique Amorim.

Será que o juiz que tomou a decisão também é da turma do Serra. Acho que não. A Justiça não se prestaria a esse papel…

Vamos ver se o Elio Gaspari vai escrever agora (como fez há duas semanas, na Folha e em O Globo), dizendo-se preocupado com as ‘‘tentações autoritárias‘‘ do petismo.

E as tentações autoritárias do Serra? Serra não tem limites.

Serra, com aquela cara, coitado, desistiu há muito tempo de ser amado. Ele prefere ser temido. Há quem se apavore, e saia do caminho que — ele imagina — levará inexoravelmente ao Palácio do Planalto. Mas há quem compre a briga.

Na internet, e até nas páginas dos chamados grandes jornais (veja o artigo de Fernando Barros e Silva na Folha de hoje), já há quem se incomode com os arroubos autoritários do serrismo.

Mas, como sempre, há também muita gente disposta a fazer o serviço que interessa ao governador. Na Justiça, ou na direção dos meios de comunicação.

Veja a mensagem que me chega de um leitor que (sintomaticamente) pede anonimato…

‘‘Os policiais civis paulistas estão em greve ou em estado de greve desde 13 de agosto de 2008 e desde então muitas mentiras e omissões partem da imprensa golpista (PIG). Tratam os policiais civis em greve ou em estado de greve como marginais e baderneiros. Como você mesmo sabe, os grevistas são os policiais civis honestos, pois os corruptos não precisam de salários e não se preocupam com a greve, aliás querem que o movimento grevista acabe.

O blog Flit Paralisante que utilizava o endereço www.flitparasilante.blogspot.com do delegado de polícia Roberto Conde Guerra é atualmente o melhor meio de informação dos policiais civis paulistas honestos e comprometidos com o serviço policial. O delegado Roberto Conde Guerra é o maior denunciador de falcatruas dentro da Polícia Civil de São Paulo e está para ser demitido por causa das suas denúncias contra superiores. Foi tido como traidor da instituição por dizer a verdade. Absurdo. Membros da própria Corregedoria acham que o tal delegado tem razão em suas palavras e não deve ser demitido ou sequer punido. Muitos dizem que merece uma medalha pela coragem.

No mês de outubro de 2008, o blog teve mais de 130 mil visitas. As denúncias, postagens e comentários do leitores vêm incomodando muito o governo paulista. Ultimamente, o blog vem tratando da greve na Polícia Civil paulista, e isso, com certeza, incomoda o pretenso candidato a presidente da República e atual governador de São Paulo.

Se já não bastasse a perseguição contra o delegado Roberto Conde Guerra, o ‘sistema’ agora persegue seu blog Flit Paralisante.

Ocorre que na última sexta-feira, 31 de outubro de 2008, por volta das 19 horas, o blog foi removido por decisão liminar de um juiz de direito do Dipo (Departamento de Inquéritos Policiais e Corregedoria da Polícia Judiciária) da Justiça paulista. Isso mesmo, o blog foi removido pela canetada de um juiz de direito!!!

Como fica a liberdade de expressão e o direito à informação? Como fica a nossa Constituição da República?

Caso você queira ver a decisão do juiz, acesse aqui

Como remover algo da Internet é como enxugar gelo, o delegado Roberto Conde Guerra criou outros endereços:

www.flit-paralisante.blogspot.com

www.flitparalisante.wordpress.com
O delegado de polícia Roberto Conde Guerra é testemunha de muitas coisas e já fez inúmeras denúncias de crimes dentro da Polícia Civil do estado de São Paulo. Dizem até que está marcado para morrer. Isto mesmo, caro Rodrigo, o delegado está marcado para morrer. Querem calar um dos poucos corajosos. Muita gente graúda está sendo investigada e processada por causa de suas denúncias.

Por favor Rodrigo Vianna, investigue tais fatos e principalmente a REMOÇÃO do blog, pois parece ser o primeiro passo para a remoção de outros blogs que não fazem parte da imprensa golpista. Amanhã pode ser qualquer blog que diz a verdade.

Suplicamos a sua ajuda imprescindível.

Por questões de segurança, ficaremos no anonimato, utilizando o codinome de Atena Temis.‘‘



No artigo

1 comment

  1. sherlok

    E.T.: “José Serra não consegue ir para a cama….“

Comments are closed.


x