Menos de 2% dos pobres tem acesso à internet

O Brasil é o país latino-americano em que os ricos mais têm acesso à internet,enquanto somente 1,7% dos lares pobres estão conectados. É o que indica a pesquisa da Comissão Econômica para a América...

146 0

O Brasil é o país latino-americano em que os ricos mais têm acesso à internet,enquanto somente 1,7% dos lares pobres estão conectados. É o que indica a pesquisa da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), que analisou 14 países da América Latina

No Chile, 42% das residências mais ricas têm acesso à internet, e em seguida vem Uruguai com 38% e México com 36,8%. Por outro lado, Chile, México e Brasil (nessa ordem) apresentam os acessos à internet mais numerosos de pessoas de baixa renda. Na Bolívia e no Paraguai, as casas mais pobres não possuem acesos à internet, que também é reduzido mesmo nas classes mais altas. 12% dos bolivianos e 9% dos paraguaios contam com o serviço em casa.

O levantamento foi realizado em 2007 mas só pode ser divulgado agora, devido ao novo Sistema de Informação Estatístico regional, criado pelo Observatório para a Sociedade da Informação da América Latina e Caribe (OSILAC), da Cepal. A pesquisa também registrou a diferença de acessos residenciais entre as áreas urbana e rural. Só no Brasil, 30,4% das casas nas áreas urbanas têm acesso à internet e apenas 4,9% têm esta disponibilidade nas áreas rurais.

Segundo relatório da Cepal, o levantamento pode auxiliar no direcionamento de políticas públicas voltadas ao setor de “Tecnologias da Informação e as Comunicações" (TICs).

Com informações da BBC.



No artigo

x