Mulheres realizam mobilização contra a criminalização do aborto

 Movimentos de mulheres promovem nesta terça-feira, ato público durante a 11ª Conferência Nacional de Direitos Humanos. Será às 9h, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. O objetivo é denunciar violações aos direitos...

107 0

 Movimentos de mulheres promovem nesta terça-feira, ato público durante a 11ª Conferência Nacional de Direitos Humanos. Será às 9h, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.

O objetivo é denunciar violações aos direitos das mulheres – a recente criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do aborto e o processo envolvendo quase dez mil mulheres em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, pelo crime de aborto. Os movimentos alegam que essas atitudes reforçam a estratégia de criminalização e perseguição às mulheres, configurando verdadeira violação aos direitos.

No fim da tarde, às 17h, será divulgado relatório que aponta violações de direitos humanos sofridas por dez mil mulheres investigadas pela prática de aborto. O documento Processos Judiciais Envolvendo Abortamento: Negação dos Direitos Reprodutivos das Mulheres em Mato Grosso do Sul mostra irregularidades na ação policial, com a apreensão e o manuseio dos prontuários médicos, e posterior investigação das mulheres em Campo Grande.

Leia também

O aborto dos outros Por Brunna Rosa
Documentário de Carla Gallo acompanha situações legais de interrupção de gravidez em hospitais públicos e retrata a urgência de um debate mais amplo sobre o tema



No artigo

x