“O ministro Gilmar Mendes tem se comportado como político”, afirma jurista

Ontem, 6, um conjunto de manifestações simultâneas em três capitais brasileiras pediu a saída do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes de seu cargo. Em Brasília, o ato chegou a reunir...

253 2

Ontem, 6, um conjunto de manifestações simultâneas em três capitais brasileiras pediu a saída do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes de seu cargo. Em Brasília, o ato chegou a reunir cerca de quinhentas pessoas, que acenderam cinco mil velas e caminharam da Praça dos Três Poderes até o prédio do STF. Esta é a primeira vez na história brasileira que ocorre uma mobilização significativa nas ruas protestando contra um membro do Poder Judiciário.

O ministro é acusado pelos manifestantes de agir como ator político no STF, ao invés de atuar como juiz, como no caso das duas liberações consecutivas do banqueiro acusado de corrupção, Daniel Dantas. Essa opinião também é externada pelo jurista Dalmo Dallari, professor emérito da Faculdade de Direito da USP, que concedeu uma entrevista à Fórum sobre a manifestação de ontem e seu significado.

Fórum – Ontem ocorreram várias manifestações em diferentes capitais do país contra o ministro Gilmar Mendes. É a primeira vez que o povo sai às ruas contra um membro do Judiciário. O que isso significa?
Dalmo Dallari –
O ministro Gilmar Mendes tem se comportado como um militante, como um político, não como um juiz. Não é do hábito dos brasileiros tomar atitudes contra membros do Judiciário. A interpretação que se faz disso é que o ministro não tem se comportado como deve, tem agido como político, e a população tem reagido a esse comportamento.

Fórum – Qual o efeito que essa mobilização popular pode ter?
Dallari –
É uma mobilização muito ruim sob muitos aspectos. Ela pode influir em decisões judiciais que devem ser feitas com muita serenidade, com imparcialidade. A influência de uma mobilização política contra o Judiciário pode afetar suas decisões, e isso não é bom.

Fórum – Essa insatisfação com o ministro Gilmar também reflete uma insatisfação com a estrutura do poder judiciário?
Dallari –
A manifestação não tem nada a ver com a estrutura do Judiciário. A população está reclamando do comportamento do ministro Gilmar Mendes, que tem se mostrado um militante, que age com emoção. Nós sabemos que há muitas reclamações contra o Judiciário, de sua morosidade, mas isso se é consequência do aumento do número de processos que tramitam na justiça após a Constituição de 1988.

Fórum – O comportamento do ministro Gilmar é uma exceção dentro do Judiciário?
Dallari –
É uma exceção. Existem ministros muito bons hoje no Judiciário. Dá para ter um trabalho sério, sem excessos emocionais, com racionalidade e imparcialidade.



No artigo

2 comments

  1. sena

    este ministro a meu ver não esta cumprindo o seu papel de ministro da mais alta corte do país. seus atos nos coloca como um defensor da corrupção neste país por duas vezes dar liberdade a uma pessoa que comprovadamente fez atos mais perigosos para toda a nação

  2. sena

    este ministro a meu ver não esta cumprindo o seu papel de ministro da mais alta corte do país. seus atos nos coloca como um defensor da corrupção neste país por duas vezes dar liberdade a uma pessoa que comprovadamente fez atos mais perigosos para toda a nação

Comments are closed.


x