Pacote econômico evitou nova Depressão, diz Obama

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta quarta-feira, 17, que o pacote de US$ 787 bilhões concedido aos bancos e financeiras norte-americanas há exato um ano atrás evitou que o país entrasse em uma recessão...

100 0

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta quarta-feira, 17, que o pacote de US$ 787 bilhões concedido aos bancos e financeiras norte-americanas há exato um ano atrás evitou que o país entrasse em uma recessão análoga à de 1929. Ele ainda disse que os recursos ajudaram a salvar ou a criar cerca de 2 milhões de empregos no ano passado, e ainda pode render frutos, criando 1,5 milhão de empregos em 2010.

“Um ano depois, é em grande parte graças ao pacote de estímulo que uma segunda depressão não é mais uma possibilidade”, afirmou. O presidente disse em seu discurso que o pacote "não foi uma decisão política fácil", e que ainda falta um "longo caminho".

A maior oposição ao lançamento do pacote dentro dos Estados Unidos foi feita pela bancaca republicana do Congresso. Grande parte dos recursos foi destinada a gastos sociais, cortes de impostos, além de projetos de infraestrutura, energia e educação.

Ainda assim, o país vive com uma taxa de desemprego de 10%, sendo que desde setembro de 2007, quando se iniciou a recessão nos Estados Unidos, foram perdidos 8,4 milhões de empregos.

Alguns críticos acusam as lidernças democratas de superestimarem a importância do pacote. Uma pesquisa recente divulgada pela rede de TV CNN aponta que somente 36% da população norte-americana acredita que o programa esteja ajudando o país.

Além do desemprego, o governo de Obama ainda enfrenta a perspectiva de um déficit recorde de US$ 1,5 trilhão para este ano, além de ser registrada queda em sua popularidade.

Com informações da BBC.



No artigo

x