Politicamente correto!

Tenho ouvido muitos discursos “politicamente corretos” em que não falta nunca a expressão “todos e todas”, e comecei a pensar em certas figuras que tiveram apelidos que chocariam os ouvidos de muita gente hoje...

175 0

Tenho ouvido muitos discursos “politicamente corretos” em que não falta nunca a expressão “todos e todas”, e comecei a pensar em certas figuras que tiveram apelidos que chocariam os ouvidos de muita gente hoje em dia. Vou dar alguns exemplos.

Será que se o Cego Aderaldo – grande cantador nordestino – vivesse hoje seria chamado de Deficiente Visual Aderaldo?

O Aleijadinho seria Deficientezinho Físico?

Plínio, o Velho, naturalista e escritor latino, seria convertido em Plínio, o da Melhor Idade?

E as palavras negro e negra, bonitas e com um grande significado simbólico adquirido naturalmente, pela militância de sua gente, não podem mais ser usadas? O grande líder da Revolta da Chibata, João Cândido, que recebeu o epíteto Almirante Negro, viraria Almirante Afro-descendente?

E já não se pode falar mais em favelas. Agora são comunidades. Então, pensemos como ficará uma música “antiga” que fez muito sucesso… “Comunidade, oi / comunidade / comunidade que eu trago no meu coração. / Comunidade dos sonhos de amor e do samba-canção”. 

E aí me vem à cabeça o samba de Stanislaw Ponte Preta, “Samba do Crioulo Doido”… Duas infrações ao politicamente correto num único título de música: crioulo e doido. Stanislaw deve estar no purgatório, com os ouvidos queimando por causa disso. Para socorrê-lo, fiz uma letra para um samba politicamente correto com o mesmo tema, não simplesmente “traduzindo” para a corretice o samba dele.

Quem sabe seu espírito baixa num novo Noel Rosa ou num êmulo do Afro-descendentinho da Beija-Flor e faz uma música para ele, e assim escapa de continuar purgando seu pecado e vai pro Céu. Aí vai a letra, Stanislaw.

SAMBA DO AFRO-DESCENDENTE
DESPROVIDO DE PENSAMENTO LÓGICO

Arnaldo, ô ô Arnaldo,
Afro-descendente
Desprovido de pensamento lógico…
Sabe, gente,
Vou contar o que ele fez recentemente

Tão nobre figura
é beleza pura:
Verticalmente prejudicado,
De idade provecta,
Tem raciocínio lento e confuso
E no uso da memória é difuso.

Essa matéria é parte integrante da edição impressa da Fórum 83. Nas bancas.



No artigo

x