Professores planejam paralisação nacional para o dia 24 de abril

Imagens: A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação promoveu hoje, em frente ao Supremo Tribunal Federal, manifestação pelo julgamento do mérito da ação movida por cinco governadores contra a Lei 11.738/08, que instituiu o...

109 0

Imagens: A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação promoveu hoje, em frente ao Supremo Tribunal Federal, manifestação pelo julgamento do mérito da ação movida por cinco governadores contra a Lei 11.738/08, que instituiu o Piso Salarial Profissional Nacional de R$ 950 para professores Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr

O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Roberto Leão, afirmou hoje, 3, durante reunião com representantes de sindicatos da categoria de todo o país, que os professores devem paralisar as atividades no dia 24 de abril. A categoria cruza os braços por 24 horas para exigir o cumprimento da lei que institui o piso do magistério no valor de R$ 950.

A lei foi sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em julho de 2008 e prevê que o piso nacional seja pago a todos os professores da rede pública para uma carga horária de 40 horas semanais, a partir de 2010.



No artigo

x