Rede Coep quer reconhecimento para mobilizadores sociais

Valorizar, dar rosto, voz e reconhecimento a quem participa ativamente da comunidade. A Rede Nacional de Mobilização Comitê de Entidades no Combate à Fome e pela Vida (Coep), criada há 15 anos, comemora a...

132 0

Valorizar, dar rosto, voz e reconhecimento a quem participa ativamente da comunidade. A Rede Nacional de Mobilização Comitê de Entidades no Combate à Fome e pela Vida (Coep), criada há 15 anos, comemora a data com o Prêmio Betinho – Atitude Cidadã, em homenagem ao criador da organização, Herbert de Souza. Foram indicadas três lideranças de 27 cidades brasileiras com trajetórias variadas e que não tenham sido candidatos a cargos públicos em eleições.

“Quisemos fortalecer a idéia de que todos temos um Betinho dentro de nós e o objetivo é deixar aparecer o ‘jeito Betinho de ser’ de cada um”, defende André Spitz, presidente do COEP. “Nosso objetivo foi jogar luz sobre as milhares de iniciativas sociais desenvolvidas em todo o país. Cada um tem um tipo de trabalho, de participação, e queremos valorizar as iniciativas feitas pelas pessoas, independentemente do jeito como atuam ou do tipo de ação realizada”, explica.

A partir da seleção dos indicados, os internautas podem votar nas personalidades que consideram ter desenvolvido trabalhos mais relevantes. A divulgação dos vencedores está prevista para novembro. Serão conferidos prêmios municipais e regionais. A intenção dos organizadores não é transformar o prêmio competição entre as ações sociais, mas destacar os trabalhos desenvolvidos.

O Livro Além do prêmio, o Coep publica também o livro Das Ruas às Redes, com 50 depoimentos de pessoas que viveram ativamente os marcos da mobilização social no Brasil, nos últimos 15 anos. Essas pessoas também sugerem o que ainda é preciso fazer pela luta social, apontando um caminho futuro. O livro traz ainda um mapeamento com mais de 70 redes sociais citadas das quais 39 estão descritas por atividade.

O COEP é uma rede que reúne comunidades, organizações e pessoas. São cerca de 1.100 organizações, universidades, empresas, órgãos governamentais, entidades de classe e ONGs, mais de 100 comunidades em todos os estados brasileiros e mais de 5.700 indivíduos.



No artigo

x