Releia algumas crônicas de Fausto Wolf

Faleceu  na noite desta sexta-feira, 5, o jornalista e escritor Fausto Wolff, aos 68 anos, vítima de disfunção de múltiplos órgãos. Wolf foi um dos editores de "O Pasquim", o mais influente jornal de oposição...

144 0

Faleceu  na noite desta sexta-feira, 5, o jornalista e escritor Fausto Wolff, aos 68 anos, vítima de disfunção de múltiplos órgãos. Wolf foi um dos editores de "O Pasquim", o mais influente jornal de oposição à ditadura militar no Brasil.

Fausto Wolff, pseudônimo de Faustin von Wolffenbüttel, nasceu em Santo Ângelo (RS), em 1940. Ele começou a trabalhar aos 14 anos de idade como repórter policial do jornal Diário de Porto Alegre e se mudou para o Rio de Janeiro aos 18 anos.

Além de editar “O Pasquim”, Wolff dirigiu peças de teatro e filmes, e foi professor de literatura nas universidades de Copenhague e Nápoles. Ele também foi colunista da revista Fórum e membro do conselho editorial até 2007.

Releia algumas de suas crônicas:

João, um brasileiro

Eterna Noiva Fugida

Meus 25 Pontos

Parabéns aos banqueiros!

Um Fio de Esperança



No artigo

x