Resolução do Conselho de Segurança da ONU é ignorada e ataques continuam

O Conselho de Segurança da ONU aprovou na madrugada desta sexta-feira  uma resolução exigindo cessar-fogo imediato em Gaza. A medida foi tomada com a abstenção dos EUA, mas Israel e o Hamas ignoraram a decisão. Segunda a Organização...

207 0

O Conselho de Segurança da ONU aprovou na madrugada desta sexta-feira  uma resolução exigindo cessar-fogo imediato em Gaza. A medida foi tomada com a abstenção dos EUA, mas Israel e o Hamas ignoraram a decisão. Segunda a Organização das Nações Unidas (ONU), foi bombardeada uma casa em Zeitun, onde se encontravam 110 pessoas, metade das quais crianças (ver matéria aqui). Trinta morreram.

O dia de ontem ficou ainda marcado pela denúncia chocante por parte do Departamento de Coordenação Humanitária da ONU, que divulgou um documento em que garante que no último domingo soldados israelenses evacuaram mais de uma centena de palestinos para o interior de um edifício em Zeitun, próximo a Gaza. Ali, os militares disseram para que permanecessem pois estariam em segurança. Contudo, no dia seguinte a aviação de Israel bombardeou repetidamente o mesmo edifício, matando trinta pessoas que estavam ali alojadas.

Até quinta feira o número de mortos 758 palestinianos vítimas dos bombardeamentos e assinala que o número de crianças mortas neste conflito mais do que triplicou com o início da invasão terrestre e são já cerca de um terço (257) do total de mortos.

Com informações do Esquerda.net.



No artigo

x