Segundo OEA, Brasil agiu bem e com respaldo em Honduras

"Eu acredito que o Brasil agiu bem. O governo do Brasil está atuando bem e atuou com o respaldo de toda, toda com letras maiúsculas, a comunidade internacional", afirmou nesta quarta, 23 de setembro, o secretário geral...

169 2

"Eu acredito que o Brasil agiu bem. O governo do Brasil está atuando bem e atuou com o respaldo de toda, toda com letras maiúsculas, a comunidade internacional", afirmou nesta quarta, 23 de setembro, o secretário geral das Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, sobre a embaixada brasileira em Honduras ter abrigado o presidente legítimo do país, Manuel Zelaya, deposto por um golpe de estado em 28 de junho.      

Insulza classificou como "muito danosa" a agressão à embaixada brasileira pelos golpistas hondurenhos que deupuseram o presidente legiítimo.

O fornecimento de água e luz à representação diplomática chegou a ser cortado na terça-feira. O prédio foi cercado por tropas e atingido por bombas de gás lacrimogêneo

O secretário da OEA pediu  "um diálogo sem condições prévias" em Honduras. Também afirmou que "não descarta" uma viagem a Tegucigalpa nos próximos dias. "Havendo condições de diálogo, partiríamos de imediato", declarou.

Com agências

Leia a cobertura do golpe em Honduras

 



No artigo

2 comments

  1. Massuelos de Siqueira Campos

    Esse comentário do Secretário Geral da OEA dissipa qualquer nuvem de discórdia acerca da decisão acertada do Governo Brasileiro em conceder abrigo ao legítimo Pres.de Honduras

  2. Massuelos de Siqueir

    Esse comentário do Secretário Geral da OEA dissipa qualquer nuvem de discórdia acerca da decisão acertada do Governo Brasileiro em conceder abrigo ao legítimo Pres.de Honduras

Comments are closed.


x