As mulheres e o outro jornalismo

Editorial de Março Por   Esta edição de Fórum traz algumas novidades que incorporam novas práticas ao nosso jornalismo. A capa, por exemplo, é fruto de uma...

200 0

Editorial de Março

Por

 

Esta edição de Fórum traz algumas novidades que incorporam novas práticas ao nosso jornalismo. A capa, por exemplo, é fruto de uma enquete realizada no site e que por conta de uma crise no antigo servidor durou metade do tempo previsto. E mesmo assim contou com a participação de 1.238 leitores que escolheram Maria da Penha como a personalidade símbolo da luta das mulheres no Brasil.
A ideia é tentar repetir esse modelo outras vezes, buscando um grau de interatividade com os leitores que ainda não é praticado por nenhum outro veículo impresso no Brasil.
Fórum é uma revista sem vínculo com grandes organizações e consegue inovar mais do que a média da imprensa nacional. Por exemplo, desde setembro de 2005 é impressa em papel reciclado. Foi a primeira revista com circulação em bancas a fazer essa opção, mesmo isso implicando em custos maiores. E há quase quatro anos ainda é a única.
A revista também construiu uma fórmula de sustentação atualmente utilizada por outras revistas de características semelhantes, a venda de assinaturas coletivas. Só conseguimos fazer a primeira edição, porque sindicatos e entidades compraram cotas de exemplares. Até hoje é essa venda antecipada que nos garante boa parte da receita. E a nossa completa independência editorial em relação ao mundo corporativo.
Neste mês, além do leitor fazer a capa, estamos lançando uma nova fórmula de grandes reportagens. Ela é uma ação multimídia que pode ser conferida na matéria sobre o caso da catástrofe ambiental no rio Paraíba do Sul (aliás, assunto ignorado pela mídia tradicional). A reportagem ficaria incompleta se publicada apenas no papel, inclusive, por conta dos custos e das limitações do meio. Ao mesmo tempo, poderia ficar menos visível se apenas divulgada em nosso site. A utilização dos dois meios de forma complementar visa a construir uma nova opção para esse tipo de reportagem. E o leitor poderá conferir aqui e na página eletrônica o que achou da solução.
Sem modéstia, consideramos que é uma contribuição para garantir melhor qualidade de informação ao leitor e mais possibilidades ao jornalista na cobertura.
E, adiantamos, na próxima edição tem mais. Tem a ver com o universo
dos blogues.



No artigo

x