Editorial – As redes e a democracia

Pensar a democratização da comunicação no Brasil é algo que não passa apenas pela internet, mas se ela não for um dos pontos principais na agenda política daqueles que se preocupam de fato com...

291 0

Pensar a democratização da comunicação no Brasil é algo que não passa apenas pela internet, mas se ela não for um dos pontos principais na agenda política daqueles que se preocupam de fato com a redução das desigualdades no país, novamente veremos prevalecer interesses que não correspondem aos do restante da sociedade.

Por Revista Fórum

 

Na entrevista principal desta edição, o escritor Fernando Morais dá detalhes da história em que se baseou o seu mais novo lançamento, nosso assunto de capa. Mas não só. Trata também de questões que deveriam ser pensadas por toda a sociedade e que, muitas vezes, acabam sendo negligenciadas pela própria esquerda, pelo fato de muitos as entenderem como questões periféricas ou marginais.

Morais é um entusiasta da internet e, a partir dela, fala em promover experiências com suas próprias obras para testar formas alternativas ao tradicional contrato de direitos autorais firmado com as editoras em geral, e que às vezes acabam impedindo a difusão e republicação de muitas obras quando há imbróglios financeiros ou jurídicos. Este é apenas um exemplo do tipo de reflexão que as novas tecnologias proporcionam; está longe de ser o único. O próprio Fórum Social Mundial, que inspira essa publicação, nasceu de uma organização via internet, ainda antes de ela ser 2.0.

Ignorar que a internet é um poderoso instrumento que auxilia nas articulações de movimentos e na difusão cultural, só para ficarmos em dois pontos, pode ser um erro fatal para aqueles que têm na democracia um valor a ser defendido. É também dar oportunidade para que aqueles que querem fazer com que a rede passe a reproduzir o cenário de concentração que existe em outros meios de comunicação no Brasil possam tomar iniciativas que restrinjam a rede como espaço livre, criando castas ou elites a partir das condições de acesso de cada um.

Pensar a democratização da comunicação no Brasil é algo que não passa apenas pela internet, mas se ela não for um dos pontos principais na agenda política daqueles que se preocupam de fato com a redução das desigualdades no país, novamente veremos prevalecer interesses que não correspondem aos do restante da sociedade.

 

 

Esta edição também traz o registro da festa-debate de dez anos da Fórum, realizada na Casa Fora do Eixo. O encontro não apenas promoveu discussões que puderam ser acompanhadas pela internet, como também reuniu leitores, colaboradores e pessoas interessadas em discutir novas formas de comunicação no Brasil.

A festa foi precedida por um tuitaço realizado uma semana antes, cuja hashtag, #Forum10, conseguiu figurar como tendência nos Trending Topics (tópicos mais citados no microblog) do Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília. E a festa-debate da Fórum não ficará restrita à capital paulista: também será realizada em outras cidades do país. Esperem por novidades.



No artigo

x