Vitrine Solidária

A revista Fórum dedica este espaço à divulgação de iniciativas ligadas à economia solidária. Por Brunna Rosa   Programa 1 Milhão de Cisternas chega a 206.182 O...

135 0

A revista Fórum dedica este espaço à divulgação de iniciativas ligadas à economia solidária.

Por Brunna Rosa

 

Programa 1 Milhão de Cisternas chega a 206.182
O programa 1 Milhão de Cisternas (P1MC), coordenado pela Articulação no SemiÁrido
Brasileiro (ASA), atingiu a quantidade de 206.182 cisternas, em setembro.
As cisternas, que acumulam a água da chuva captada nos telhados, armazenando-a
para os períodos de estiagem, é uma solução simples, relativamente barata e ameniza a falta de água para o consumo humano em todo o Semi-Árido brasileiro. O P1MC
vem desencadeando um movimento de articulação e de convivência sustentável com
o ecossistema do Semi-Árido, pelo fortalecimento da sociedade civil, da mobilização,
envolvimento e capacitação das famílias, com uma proposta de educação processual.
O objetivo do P1MC é construir 1 milhão de cisternas, beneficiando cerca de 5
milhões de pessoas no Semi-Árido.
Para aqueles que desejam contribuir financeiramente com a ASA, basta fazer um
depósito ou transferência para a conta corrente abaixo discriminada. As doações
podem ser feitas em qualquer valor, tanto por pessoa física quanto por pessoa
jurídica. Mais informações: www.asabrasil.org.br
Para realizar a doação:
Banco do Brasil | Agência: 3505-x | Conta Corrente: 45.000-6
Em nome da Associação
Programa 1 Milhão de Cisternas

Movimento social organiza catadores em cooperativas
O Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis está lançando a
campanha “Selo Amigo do Catador”. O movimento, que se
originou em 1999 durante o I Encontro Nacional de Catadores
de Papel, em Belo Horizonte (MG), realiza a organização dos
catadores de materiais recicláveis no Brasil em cooperativas,
associações, entrepostos e grupos.
A campanha visa à destinação de materiais recicláveis aos
catadores e o incentivo ao seu reconhecimento como um agente
ambiental. Todos os locais certificados poderão usar o selo em
publicações, embalagens e nos locais de trabalho.
Além disso, o movimento está lançando uma campanha em defesa
dos catadores da cidade de São Paulo, que têm constantemente suas
carroças, principal instrumento de trabalho para coleta e separação dos materiais,
apreendidos pela prefeitura paulistana.
Saiba mais: www.mncr.org.br/seloamigo ou pelo telefone (11) 3399-3475.

Notas
Rede Solidária de Pesca
Formada a partir de um seminário que reuniu, em Brasília, representantes
dos ministérios do Meio Ambiente, Desenvolvimento Social e do Trabalho,
a Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca, universidades e entidades não governamentais, a Rede Solidária da Pesca tem como meta estudar políticas públicas
voltadas para a pesca artesanal e familiar. A idéia é agrupar todos os programas voltados para o segmento, beneficiando mais de 1 milhão de pessoas em todo o país.
Também estão previstas ações focando a educação continuada, a qualificação profissional dos pescadores e a gestão de empreendimentos. Além de fomentar a troca de experiências na área, a rede também vai estudar a abertura de linhas de apoio fi nanceiro, estimulando a criação de cooperativas.
Mais informações: Secretaria Nacional de
Economia Solidária, tel.: (61) 3317-6962.
Agenda rumo à IV Plenária Nacional de Economia Solidária
A Caravana Rumo à IV Plenária Nacional de Economia Solidária, penúltima etapa antes
do encontro, realizou seu último seminário regional em setembro. Ao todo, cinco seminários foram realizados em todas as macrorregiões brasileiras, debatendo os eixos temáticos do documento base que será discutido durante a IV Plenária Nacional de Economia Solidária, marcada para março de 2008, em Brasília. Os eventos foram
momentos de estudos e aprofundamento para os representantes estaduais em seus papéis de mobilização e orientações nos debates dentro de cada estado. Segundo
o Fórum Brasileiro de Economia Solidária, a última etapa que antecede a plenária serão as plenárias estaduais que acontecerão de
outubro de 2007 a janeiro de 2008, nos 27 estados brasileiros.
Mais informações: www.fbes.org.br



No artigo

x