Anatel tenta fechar rádio Cúpula

Ativistas, participantes da Cúpula dos Povos, fazem cordão de isolamento para barrar fiscais

294 0

Ativistas, participantes da Cúpula dos Povos, fazem cordão de isolamento para barrar fiscais

Por Adriana Delorenzo 

Atualizada às 18h45

Em meio à Cúpula dos Povos na Rio+20, dois fiscais da Anatel tentaram fechar a Rádio Cúpula, organizada pela sociedade civil, com transmissão pela 90.7 FM do Rio de Janeiro. A alegação dos fiscais era de que a transmissão seria ilegal.

Houve uma segunda tentativa de fechamento, cerca de duas horas após a primeira. Ativistas estão no momento protestando. Transmissão ao vivo aqui. Por enquanto, a rádio continua no ar. A Polícia Federal está na rádio e os mebros estão tentando negociar.

Na primeira tentativa, foi feito um cordão de isolamento na frente do local onde a rádio está instalada para evitar a ação, neste domingo, 17. “Foi a sociedade civil que impediu que os fiscais fechassem a rádio, a população ao redor se mobilizou em protesto”, afirmou Leonardo Neves, um dos articuladores do movimento que criou a rádio.

Para Cláudio Sales, da rádio comunitária Pop Goiaba, de Niterói, que participa da Rádio Cúpula, essa ação foi emblemática. “Mostra o que está acontecendo no Brasil todo. Como aqui é uma atividade interacional vai ter mais repercussão, na favela a polícia chega a bala” .

Na opinião de João Brant, do Coletivo Intervozes, que atua na defesa do direito à Comunicação, o que aconteceu foi surreal. “Demonstra o quão nas trevas estamos nesse debate. É um sinal de que há muita coisa a ser transformada”, disse.

É possível ouvir a rádio também pela internet, no site da Cúpula dos Povos.

Primeira tentativa da Anatel. Foto: Fora do Eixo

Segunda vez. Foto: Fora do Eixo



No artigo

x