Redes organizam tuitaço pela aprovação da Lei Cultura Viva

Pontos de Cultura, coletivos e redes se mobilizam nesta quarta para pressionar parlamentares da Comissão de Educação e Cultura

263 0

Pontos de Cultura, coletivos e redes se mobilizam nesta quarta para pressionar parlamentares da Comissão de Educação e Cultura

Por Maria Eduarda Carvalho

Nesta quarta-feira (27), pontos de cultura, redes e demais organizações organizam, a partir das 9h30, o tuitaço #LeiCulturaViva, interagindo por meio da rede social com os perfis dos deputados que integram a comissão de Educação e Culturada Câmara. O objetivo é pressionar os parlamentares pela aprovação do projeto de lei, que regulariza o dever do Estado de garantir, apoiar e incentivar o exercício de direitos culturais. A lei também prevê proteção às manifestações culturais de grupos e comunidades populares, afro-brasileiras, indígenas e demais entidades considerando a cultura como um dos caminhos para manifestação da democracia.

O projeto é resultado do Programa Cultura Viva, iniciativa do Ministério da Cultura para promover e estimular as tradições culturais para populações de baixa renda, estudantes das escolas da rede pública de ensino e comunidades indígenas, rurais e remanescentes de quilombos. O programa se propõe a preservar culturas já existentes e estimular a continuidade de ações que muitas vezes são práticas seculares, como as experiências dos povos de terreiro e praticantes de religiões de matrizes africanas.

Durante a Cúpula dos Povos, em debate sobre a Lei Cultura Viva, a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) defendeu a importância da participação da sociedade nas decisões parlamentares. “Nós precisamos que vocês nos ajudem nesse processo para ajudar os pontos de cultura”, disse. A lista dos deputados e de seus perfis no Twitter está disponível no portal dos Pontos de Cultura e a votação pode ser acompanhada ao vivo pelo site da Tv Câmara.

Participam da ação a Comissão Nacional de Pontos de Cultura, a Ação Griô, coletivos de Cultura Digital, Rede Nacional dos Povos de Terreiros, Rede Nacional dos Pontos de Cultura, Circuito Fora do Eixo,PCult, #MovSocialdaCultura e demais movimentos e redes culturais.



No artigo

x