Cartes, do Partido Colorado, é eleito novo presidente do Paraguai

Sem nenhuma trajetória política, e sem nunca ter se candidato antes, Horácio Cartes é eleito presidente e devolve o poder ao partido Colorado

354 0

Sem nenhuma trajetória política, e sem nunca ter se candidato antes, Horácio Cartes é eleito presidente e devolve o poder ao partido Colorado

Por Mariana Serafini, de Assunção

Vestindo jeans, camisa branca e uma bandeira do partido Colorada amarrado no pescoço, Horácio Cartes, presidente eleito do Paraguai, saudou a população em praça pública. Ele fez 45,84% dos votos, e garantiu uma vitória com ampla vantagem em relação ao segundo colocado, Efrain Alegre, do Partido Liberal Radical Autêntico, que ficou com 36,93%. Os candidatos da esquerda tiveram uma votação muito pequena, Mário Ferreiro, da Frente Avanza País, fez 5,85% dos votos. E Aníbal Carrillo, da Frente Guasu, 3,32%. Votos nulos e brancos somaram quase 6%. Segundo a Justiça Eleitoral, o Paraguai tem 3.516.275 eleitores, destes, 68,54% foram às urnas neste domingo, 21 de abril.

Horácio Cartes fez um discurso rápido, falou pouco mais de 10 minutos. Agradeceu a seus eleitores e disse que vai trabalhar para conquistar a confiança dos que não votaram nele. Disse ainda que suas preocupações enquanto novo presidente do Paraguai vão além das cores e partidos e que pretende trabalhar pelos desnutridos e pelos jovens. “Esta não é uma vitória do partido e sim da Pátria, vamos trabalhar para construir um Paraguai para todos os Paraguaios.”

Lugo em votação neste domingo, 21 (Foto: Mariana Serafin)

Disse também que o Paraguai tem o caminho traçado e que houve um pequeno desvio no trilho, se referindo ao mandato de Fernando Lugo. Mas que agora retorna ao seu caminho e poderá seguir seu destino.

Em coletiva de imprensa, Mario Ferreiro reconheceu a derrota e afirmou que esta é a vontade do povo paraguaio. Aproveitou ainda para parabenizar o colorado Cartes, desejando sorte ao seu governo.

Aníbal Carrillo, candidato a presidente pela Frente Guasu, disse que a coalizão seguirá crescendo e se consolidando nas bases sociais. “Hoje os cidadãos paraguaios exerceram sua cidadania eleitoral e elegeram o candidato colorado Horácio Cartes, vamos reconhecer esta vitória e entendemos que se abre um novo caminho para os paraguaios e para a Frente Guasu”, disse.

A Frente Guasu, tem como um dos seus principais expoentes, o ex-presidente Fernando Lugo. Com a derrota ao poder Executivo, a esperança da esquerda paraguaia é de ampliar sua participação no Legislativo. Os resultados finais devem sair apenas nesta segunda-feira (22), mas os parciais apontam cerca de 10% dos votos para a Frente Guasu, isso garante a eleição de cinco senadores, entre eles Fernando Lugo.

Votação manual

No Paraguai as eleições são realizadas em cédulas, cada eleitor leva em média sete minutos para votar e precisa manchar o dedo com tinta ao final do processo para não repetir o voto. As cédulas são depositadas em sacos plásticos identificados apenas pelo desenho da bandeira do país, eles não têm numeração ou código de barras para o controle. Ou seja, o risco de fraude é grande.

Pela manhã,  muitas mesas de votação que deveriam abrir às 7h, iniciaram o processo com até uma hora de atraso. Isso porque os responsáveis chegaram atrasados. Cada mesa deve ser composta por um representante de cada partido, mas parte das mesas teve que ser composta apenas por liberais e colorados.



No artigo

x