Desmatamento da Amazônia Legal em 2012 é o menor da história

Levantamento do Inpe mostrou a redução de 29% do desmatamento em 2012. Desde 2004, o índice aponta tendência de redução das áreas desmatadas

1258 0

Levantamento do Inpe mostrou a redução de 29% do desmatamento em 2012. Desde 2004, o índice aponta tendência de redução das áreas desmatadas 

Da Redação

O Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) divulgou nesta quarta-feira, 5, a taxa de desmatamento legal para o período entre agosto de 2011 e julho de 2012. O estudo, realizado no âmbito do PRODES – Projeto de Monitoramento do Desmatamento da Amazônia Legal, identificou que no período foram desmatados 4.571km2 de floresta. O resultado representa a menor taxa de desmatamento registrado na Amazônia Legal desde 1988, quando o Inpe passou a fazer a medição.

Para a realização do levantamento, o PRODES considera como desmatamento as áreas maiores que 6,25 hectares onde a cobertura florestal foi completamente removida.

O resultado do estudo aponta uma redução de 29% em relação à taxa de desmatamento no período entre agosto de 2010 e julho de 2011, quando foi registrada uma taxa de desmatamento florestal de 6.418 km2. Se comparada com o resultado de 2004, quando foi criado o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal (PPCDAm), a redução da taxa de desmatamento é ainda maior, 84%.

O resultado superou inclusive as estimativas feitas pelo próprio Inpe que, em dezembro de 2012, previu que a área desmatada seria de 4.656 km2. O índice consolidado ficou 2% abaixo da previsão feita pelo instituto no final do ano passado.

Veja no gráfico abaixo a tendência de redução do desmatamento da Amazônia Legal verificada pelo Inpe desde 2004:

(a) Média entre 1977 e 1988, (b) Média entre 1993 e 1994 (Fonte: Inpe)

(Foto de capa: Reprodução / www.icmbio.gov.br)



No artigo

x