A baderna é da polícia de São Paulo!

Rodrigo Vianna analisa o ato do Movimento Passe Livre realizado nesta quinta-feira, 13, e afirma que a PM foi baderneira e subverteu a ordem democrática

615 3

Rodrigo Vianna analisa o ato do Movimento Passe Livre realizado nesta quinta-feira, 13, e afirma que a PM foi baderneira e subverteu a ordem democrática 

Por Rodrigo Vianna, do Escrevinhador 

(Imagens via Facebook)

Qual o nome para o que a Polícia Militar fez em São Paulo durante mais uma manifestação contra o aumento das passagens de ônibus e metrô?  Proibiu carros de som e megafones nas ruas, agrediu jornalistas e fotógrafos, encurralou manifestantes, atirou bombas a esmo, pisoteou a Democracia.

Desacostumado com manifestações públicas, o brasileiro aceitou a versão da velha mídia que, após os atos da semana passada,  classificou os manifestantes como simples “baderneiros”?

Dessa vez, quem tentou impedir uma manifestação pacífica em São Paulo? Como se pode nomear as cenas protagonizadas pela polícia (e devidamente registradas e espalhadas em tempo real pelas redes sociais)? Baderna ou barbárie?

A polícia tentou cercear o direito à manifestação. Atacou a liberdade de expressão. Isso se chama “subversão”. Sim, a PM paulista subverteu a ordem democrática.

A Polícia Militar foi baderneira e subversiva!

E pra completar: manifestantes foram presos com base numa lei que trata ativistas sociais como “quadrilheiros”. O mais chocante: o PT e outros partidos de esquerda, as centrais sindicais mais representativas e os movimentos sociais importantes estão ignorando a garotada que foi pra rua enfrentar a barbárie. É preciso dizer: não aceitamos que o governador de São Paulo trate manifestantes como “quadrilha”. Movimento social não é quadrilha. O próximo passo, disse-me há pouco o colega blogueiro Renato Rovai, é tratar movimento social como “terrorismo”.

Aliás, acompanhe cobertura ao vivo da Revista Fórum, sob coordenação do Rovai.

Alckmin tenta se cacifar junto ao conservadorismo paulista. Ele sabe bem o que está fazendo. É chocante ouvir por aí – na classe média supostamente bem educada – que “essa gente tem é que levar borachada”. É a base alckmista. Mas o mais chocante é perceber que o petismo e as bases lulistas ficam sem saber o que dizer. Talvez à espera do sinal dos “líderes”, à espera dos cálculos que submetem tudo, absolutamente tudo, à lógica eleitoral.

Humildemente, lembro que há questões inegociáveis. E uma delas é o direito à manifestação. Ah, mas esses atos são convocados por “radicalóides” do PSTU e do PSOL! Então, façamos com que sejam mais do que isso, mais amplos. Ah, mas há provocadores que vão pra rua depredar e atirar pedras! Ora, desde que o mundo é mundo, isso é assim. Não há manifestação com mais de 2 mil ou 3 mil pessoas em que não surja gente disposta apenas a tumultuar.

Mas volto a insistir. Manifestação não é baderna, nunca foi e nunca será. Baderna, isso sim, é polícia que dá tiro em manifestante ajoelhado, baderna é governador usar a cavalaria na avenida Paulista, baderna é partido de esquerda (ou, ao menos, com bases de esquerda) submeter-se à lógica eleitoral e não vir a público denunciar o fascismo social que se tenta implantar em São Paulo.

Isso tudo, sim, é baderna pura! É um Pinheirinho no centro de São Paulo. Um Pinheirinho na avenida Paulista.

Há erros na ação dos manifestantes? Parece que sim. Mas há um mérito inequívoco na atitude deles: retirar da letargia jovens que, na última década, foram acostumados com a idéia de que nenhuma ação coletiva faz sentido

Atualização

No fim da noite, o prefeito Haddad (PT) saiu da toca e falou de forma clara: “(…) infelizmente, hoje não resta dúvida de que a imagem que ficou foi a da violência policial”. Haddad também disse que, nesta sexta-feira (14), avaliará as medidas que tomará para tentar conter a escalada de violência nos protestos.



No artigo

3 comments

  1. Juquinha Aleixo Responder

    Meu sonho era ser um policial, mais vi que isso não da pra mim, todo policial é safado, policia é uma raça imunda, onde agride pessoas que lutam pelos seus direitos, enquanto isso, os fodoes politicos que roubam tudo no brasil, estão soltos, e ninguém faz nada. ISSO É BRAAAAASIL!

  2. Edson reis sena Responder

    Apocalipse 22

    E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro.

    No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da
    vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as
    folhas da árvore são para a saúde das nações.

    E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão.

    E verão o seu rosto, e nas suas testas estará o seu nome.

    E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do
    sol, porque o Senhor Deus os ilumina; e reinarão para todo o sempre.

    E disse-me: Estas palavras são fiéis e verdadeiras; e o Senhor, o Deus
    dos santos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as
    coisas que em breve hão de acontecer.

    Eis que presto venho: Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro.

    E eu, João, sou aquele que vi e ouvi estas coisas. E, havendo-as ouvido e
    visto, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava para o adorar.

    E disse-me: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus
    irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a
    Deus.

    E disse-me: Não seles as palavras da profecia deste livro; porque próximo está o tempo.

    Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e
    quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado
    ainda.

    E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.

    Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro.

    Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham
    direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas.

    Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os
    homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.

    Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas
    igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da
    manhã.

    E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem
    sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.

    Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia
    deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir
    sobre ele as pragas que estão escritas neste livro;

    E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus
    tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que
    estão escritas neste livro.

    Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus.

    A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. Amém.

  3. Gabriel Responder

    aos jornalistas, digo que seria interessante que traduzissem seus textos para dar maior visibilidade à nossa luta, como não podemos contar com a imprensa dominante neste país colonizóide, quem sabe com os olhos do mundo nós acordemos para os fatos que ocorrem aqui na esquina! VAMOS LÁ!


x