Comandante da PM do RJ: “Boa ou ruim, essa é a polícia que vocês precisam”

Erir da Costa Filho critica a imprensa e pede apoio para identificar manifestantes

465 1

Erir da Costa Filho critica a imprensa e pede apoio para identificar manifestantes

Por Igor Carvalho

Policial militar, no Rio de Janeiro, atira morteiro contra manifestantes (Foto: Mídia Ninja)

Erir da Costa Filho, comandante da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, criticou a cobertura que a imprensa tem feito dos protestos cariocas nas últimas semanas. Em entevista coletiva, nesta quinta-feira (18), o oficial reclamou das críticas feitas à corporação, pediu “apoio” da mídia e ressaltou que  “PM boa ou ruim, essa é a polícia que vocês precisam”.

Em tom emocionado, o comandante pediu que a imprensa coopere com a PM. “Estamos lá para dar segurança a todos vocês, inclusive para a imprensa. E nós não temos tido apoio dos senhores também.”

Costa Filho fez questão de falar sobre os policiais, que segundo o comandante, foram feridos durante as manifestações. “Mas esses direitos humanos não é para a polícia (sic). Somos policiais militares, eleitores e cidadãos. Se a PM não estiver ali, é anarquia.”

No final da coletiva, o comandante pediu que a imprensa ajude a identificar os manifestantes “envolvidos nas depredações”. “O jornalista é uma polícia. Ele faz um trabalho policial, de investigação. Não é? Às vezes sabem primeiro que a polícia, e tem que nos ajudar também”, afirmou Costa Filho.

Leia também:
Protestos no RJ: radialista relata abuso em detenção por “formação de quadrilha”

 

 



No artigo


x