Wagner Moura dedica prêmio em Festival de Gramado aos filhos de Amarildo

No Dia dos Pais, manifestação reúne artistas e familiares de Amarildo e cobra investigação

513 1

No Dia dos Pais, manifestação reúne artistas e familiares de Amarildo e cobra investigação

Da Redação

O ator Wagner Moura homenageou os filhos de Amarildo de Souza, ajudante de pedreiro desaparecido desde o dia 14 de julho, na Rocinha, no Rio de Janeiro. Moura recebeu o Troféu da Cidade de Gramado, na noite de ontem (10), no Festival de Cinema de Gramado e ressaltou que na Rocinha seis filhos não vão passar o dia dos pais, com o seu pai.

“Amanhã é dia dos pais e eu adoraria almoçar com o meu, mas ele morreu em 2011. Queria homenagear o meu pai com esse prêmio. Vou pegar um avião e almoçar com os meus filhos, no Rio. Mas lá na Rocinha tem seis filhos que não vão passar o dia com o pai. O pai desses garotos se chama Amarildo. Então, queria homenagear os filhos do Amarildo” discursou.

“Os festivais de cinema são um fórum importante não só para falar de cinema. Os festivais não devem ser um tapete por onde passam os atores, mas também um fórum de debates. Tenho certeza que essa homenagem é de todo o festival. A gente está atento ao que está acontecendo. Gostaria que esses garotos soubessem o que aconteceu com o pai deles”, completou.

O desaparecimento de Amarildo tem como suspeitos policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), que está instalada na região há quase um ano. Uma série de denúncias de abusos por parte de policiais dessas unidades vem sendo relatadas. Na manhã deste domingo (11), aconteceu uma manifestação na entrada da Favela da Rocinha, que reuniu diversos artistas.

No protesto, também estavam amigos e parentes de Amarildo, os filhos e a esposa. “Enquanto eu estiver vivo vou lutar pelo meu pai. A gente nunca passou um dia dos pais sem o nosso pai. Minha irmã de 6 anos pergunta pelo pai e eu respondo o quê? O que eu explico para ela? Eu não vou desistir. Enquanto estiver vivo, vou lutar por ele”, disse um dos filhos de Amarildo, Anderson Gomes da Silva, de 21 anos, ao G1.

Leia também:
Desafio de UPP é garantir que policiais respeitem direitos humanos, diz conselheiro
As redes perguntam: “Onde está Amarildo?”


No artigo

1 comment

  1. jessica fernanda Responder

    vc merece a verdade uma mulher batalhadeira vc e uma vitoriosa… q bela familia q vc tem seus filhos sao um obra divina nunca avi alguem com tanta beleza


x