Cabral deve deixar o governo em 31 de dezembro

Objetivo seria dar visibilidade a seu candidato na corrida da sucessão estadual, o vice Luiz Fernando Pezão

263 0

Objetivo seria dar visibilidade a seu candidato na corrida  da sucessão estadual, o vice Luiz Fernando Pezão

Por Redação

O governador do Rio de Janeiro, Sério Cabral (PMDB), deve se antecipar e deixar o cargo em 31 de dezembro de 2013. A informação é do Blog Coluna Esplanada, do portal UOL. Segundo o blogue, o objetivo de Cabral seria dar visibilidade a seu vice, Luiz Fernando Pezão, provável candidato do PMDB ao governo do estado em 2014.

Cabral quer manter Pezão na vitrine para 2014 (Valter Campanato/ABr)

Cabral tem sido alvo de inúmeros protestos pelo Rio de Janeiro, que pedem seu impeachment. Na frente do prédio onde mora o governante, o movimento “Ocupa Cabral” já dura mais de um mês. Aproximadamente 30 pessoas estão acampadas no local, pedindo a saída do governador. O governador tentou apelar aos manifestantes e implorou “como pai” que saíssem da porta de sua casa, por conta de seus filhos, sem sucesso.

O futuro de Cabral ainda é indefinido, mas existe a possibilidade de uma candidatura ao senado pelo estado. Porém, a vaga em disputa será a de Francisco Dornelles (PP), próximo ao atual governador.

(Foto: Fernando Frazão/ABr)



No artigo

x