Dilma: Obama irá responder sobre espionagem até quarta-feira (11)

Presidenta afirmou que sua viagem para Washington, marcada para outubro, dependerá das condições políticas criadas pelo presidente dos EUA

304 0

Presidenta afirmou que sua viagem para Washington, marcada para outubro, dependerá das condições políticas criadas pelo presidente dos EUA

Da Redação

Fotografia oficial da cúpula do G20 (Foto: Roberto Stuckert Filho/PR)

A presidenta Dilma Rousseff afirmou na manhã desta sexta-feira, 6, que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assumiu responsabilidade “direta” nas investigações sobre as denúncias da espionagem feita pela NSA (Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos) contra o governo brasileiro. A declaração foi feita pela presidenta após participar da reunião da cúpula do G20, em São Petersburgo (Rússia), em entrevista coletiva.

Dilma disse também que Obama comprometeu-se a responder ao governo brasileiro sobre o caso até a próxima quarta-feira, 11, quando o ministro das Relações Exteriores,  Luiz Alberto Figueiredo, deve se reunir com a conselheira de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Suzan Rice, para tratar das denúncias de espionagem.

Na mesma entrevista, a presidenta afirmou que a sua viagem de Estado para Washington, marcada para outubro, irá depender das condições políticas criadas por Obama. Dilma anunciou ainda que vai propor à ONU (Organização das Nações Unidas) uma nova governança global contra a invasão de privacidade.

Sobre a crise na Síria e uma possível intervenção militar no país liderada pelos EUA, a presidenta disse que o Brasil não vai reconhecer qualquer ação que não tenha a aprovação da ONU.



No artigo

x