Jogadores brasileiros enfrentam Globo e CBF em manifesto

75 atletas dos principais clubes brasileiros de futebol criticam o calendário de jogos para 2014 e exigem melhores condições de trabalho

501 0

75 atletas dos principais clubes brasileiros de futebol criticam o calendário de jogos para 2014 e exigem melhores condições de trabalho

Da Redação

José Maria Marin, atual presidente da CBF (Foto: José Cruz / Abr)

Nesta terça-feira (24) um grupo de 75 jogadores profissionais do futebol brasileiro divulgou um manifesto contra o calendário de jogos imposto pela CBF. A iniciativa dos atletas de questionarem o elevado número de jogos a que são submetidos vai diretamente contra os interesses da Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão das partidas. Entre os jogadores que assinam o manifesto estão nomes como Rogério Ceni (São Paulo), Paulo André (Corinthians) e Alex (Coritiba).

“Devido ao curto período de preparação proposto e ao elevado número de jogos em sequência, decidimos nos reunir, de forma inédita e independente, para discutir melhorias em prol do futebol e da qualidade do espetáculo apresentado por nós a milhões de torcedores”, diz o manifesto.

Os jogadores pedem melhores condições de trabalho, número de jogos limitados, manutenção da pré-temporada e a garantia de férias, direito assegurado pela constituição brasileira para todo trabalhador.

A iniciativa recebeu o apoio do ex-jogador e agora deputado federal, Romário, que classificou o manifesto como uma atitude “extremamente sensata”. “Esse levante contra a CBF por parte dos atletas era algo inimaginável até bem pouco tempo. Sorte que eles acordaram a tempo. O que na prática estes jogadores estão comprovando é que o venho dizendo há muito tempo: a CBF não está preocupada com futebol, a única preocupação desta entidade é encher as burras de dinheiro. É por este motivo, inclusive, que estamos assistindo nosso futebol descer ladeira abaixo”, disse o parlamentar.

Leia a íntegra do manifesto: 

Nós, atletas profissionais de futebol, com representantes em clubes das séries A e B do Campeonato Brasileiro, vimos, de forma oficial, demonstrar nossa preocupação com relação ao calendário de jogos divulgado na última sexta-feira (20) pela Confederação Brasileira de Futebol para o ano de 2014.

Devido ao curto período de preparação proposto e ao elevado número de jogos em sequência, decidimos nos reunir, de forma inédita e independente, para discutir melhorias em prol do futebol e da qualidade do espetáculo apresentado por nós a milhões de torcedores.

Queremos ser uma parte mais efetiva deste movimento que se faz extremamente necessário e, para tanto, solicitamos uma reunião com a entidade que administra o futebol brasileiro (CBF) para tratar de questões propositivas e de comum interesse.

Estamos convictos de que dar esse primeiro passo significa caminhar na direção do profissionalismo, da transparência e da busca pela excelência no futebol de alto rendimento praticado no Brasil.

Contamos com o apoio de outros atletas e convidamos todos os profissionais do futebol e apaixonados pelo esporte a se unirem a nós nesta iniciativa em benefício do futebol brasileiro.

Informaremos ao público o andamento e os resultados desta nova discussão assim que possível

Sem mais para o momento,

ABAIXO A LISTA DOS JOGADORES QUE ASSINARAM O DOCUMENTO:

Alessandro (Corinthians)

Alex (Coritiba)

Alex (Internacional)

Alexandre Pato (Corinthians)

Anderson (Paraná Clube)

André Rocha (Figueirense)

Arouca (Santos)

Barcos (Grêmio)

Bolívar (Botafogo)

Cássio (Corinthians)

Ceará (Cruzeiro)

Cícero (Santos)

Corrêa (Portuguesa)

Cris (Vasco)

D’Alessandro (Internacional)

Dedé (Cruzeiro)

Deivid (Coritiba)

Dida (Grêmio)

Diego Cavalieri (Fluminense)

Douglas (Corinthians)

Edson Bastos (Ponte Preta)

Edu Dracena (Santos)

Edu Schimidt (Sem Clube)

Elano (Grêmio)

Elias (Flamengo)

Fabinho (Criciúma)

Fábio (Cruzeiro)

Fábio Santos (Corinthians)

Fabrício (São Paulo)

Fahel (Bahia)

Felipe (Fluminense)

Fernando Prass (Palmeiras)

Gilberto Silva (Atlético-MG)

Ibson (Corinthians)

Jadson (São Paulo)

Jefferson (Botafogo)

Juan (Internacional)

Júlio Baptista (Cruzeiro)

Juninho Pernambucano (Vasco)

Kleber Gladiador (Grêmio)

Lauro (Ponte Preta)

Léo Moura (Flamengo)

Leonardo (Criciúma)

Lima (Portuguesa)

Lincoln (Coritiba)

Lúcio Flávio (Paraná Clube)

Luís Alberto (Atlético-PR)

Luís Fabiano (São Paulo)

Luís Ricardo (Portuguesa)

Maldonado (Corinthians)

Marcel (Criciúma)

Marcelo Lomba (Bahia)

Marco Antonio (Atlético-PR)

Moisés/Meia (Portuguesa)

Moisés/Zagueiro (Portuguesa)

Neto Baiano (Goiás)

Paulo André (Corinthians)

Paulo Baier (Atlético-PR)

Paulo Cesar (Sem Clube)

Rafael Moura (Internacional)

Rafael Sobis (Fluminense)

Roberto (Ponte Preta)

Rodrigo (Goiás)

Rogério Ceni (São Paulo)

Serginho (Criciúma)

Souza (Portuguesa)

Thiago Ribeiro (Santos)

Tinga (Cruzeiro)

Titi (Bahia)

Valdívia (Palmeiras)

Valdomiro (Portuguesa)

Victor (Atlético-MG)

Wendel (Vasco)

William (Ponte Preta)

Zé Roberto (Grêmio)

Com informações do Brasil de Fato



No artigo

x